Benndorf atualiza carteira de agosto com SLC, CVC e Iochpe-Maxion

LinkedIn

Investing.com – A Benndorf Research divulgou nesta quarta-feira, em relatório enviado a clientes, a atualização da carteira recomenda de ações para a segunda quinzena de agosto, trocando os ativos da Vale (VALE3), Energisa (ENGI4) e Mahle Metal Leve (LEVE3), por SLC Agrícola (SLCE3), CVC e Iochpe-Maxion (MYPK3).

Os analistas justificaram a troca de Vale por SLC para manter a exposição em commodities e exportação, mas reduzindo exposição à maior percepção de risco em torno dos emergentes e China (fato que pode pressionar os contratos do minério de ferro no curto prazo).

Dessa maneira, a consultoria de investimentos aponta a realização de lucros na mineradora na ordem de +25,00%. A opção por SLC é consequência do excelente balanço segundo trimestre, mostrando que os ventos de popa continuam (ecomendação de compra mesmo após a forte abertura de hoje).

No técnico, a Benndorf também observa uma forte tendência de alta com stop nos R$ 49,00. Alvo em R$ 64 CVC (CVCB3) entrando no lugar de Energisa (ENGI11)

Em relação à CVC, após os resultados dos segundo trimestre e novas aquisições, o ativo passa a fazer parte do portfólio. Para os analistas, a empresa mais do que provou sua forte execução e representa um excelente player para “surfar” as semanas pré-eleitorais. Recomendação de compra a mercado com stop de redução nos R$ 42,00 e stop total na perda dos R$ 40,00.

A terceira troca é intra-setorial com uma realização de lucro em Metal Leve (+14,00%) para a entrada de Iochpe-Maxion. No racional, os analistas acreditam que o mercado errou na precificação do 2T18 com a empresa mostrando sólidos resultados.

Ainda mais relevante, a MYPK3 possui uma das melhores razões “risco x retorno” em relação ao dólar com um top line positivamente correlacionado à depreciação do Real, mas com uma exposição de dívida controlada.

No técnico, os analistas observam um longo canal de alta no longo prazo (ATRATIVA) com a ação oscilando em torno do melhor “risco x retorno” dentro da tendência atual (na faixa dos $22,00 / $20,00). Recomendando compras leves ou moderadas com stop total na perda dos R$ 20,00 e alvo nos R$28,00.

Nova composição da carteira

Suzano (SUZB3) – 10%

SLC – 8%

Notredame 8%

Itausa (ITSA4) – 7%

Locamerica (LCAM3) – 7%

Iochpe-Maxion – 7%

Pão de Açúcar (PCAR4) – 7%

CVC – 7%

Tenda (TEND3) – 7%

Linx (LINX3) – 6%

RaiaDrogasil – 6%

Unipar (UNIP3) – 5% 

Deixe um comentário