Boletim Focus: Projeção para o PIB sobe para 1,39%

LinkedIn

A estimativa de instituições financeiras para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,13% para 3,94%, a queda ocorre pela quarta semana, conforme mostrou o Boletim Focus desta segunda-feira pelo Banco Central do Brasil. O resultado tem como base as projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

Para as instituições financeiras, o IPCA saiu de 4,20% para 4,12% em 2019 pela terceira semana. Para 2020, o índice ficou em 4,00% pela 73ª semana consecutiva e saiu de 3,90% para 3,86% em 2021.

De acordo com as instituições financeiras, a Selic permanece em 6,50% pela 26ª semana consecutiva ao ano até o fim de 2018. Para 2019, a projeção saiu de 8% ao ano para 7,75% pela primeira semana. Para 2020, a estimativa permanece em 8% pela quarta semana consecutiva e ficou em 8% pela 73ª semana consecutiva para 2021.

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos – saiu de 1,36% para a alta de 1,39%. A previsão de crescimento do PIB para 2019 ficou em 2,5% pela quarta semana. As instituições financeiras projetam o crescimento de 2,5% do PIB em 2020 pela 39ª semana consecutiva. O mesmo número foi mantido para o ano seguinte e pela 89ª semana consecutiva.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$3,70 pela terceira semana. Para 2019, a cotação saiu de R$3,76 para R$3,78. Em 2020, a previsão também subiu de R$3,78 para R$3,79 pela primeira semana. Para 2021, o valor saiu de R$3,84 para R$3,86 pela primeira semana.

Deixe um comentário