Brasil é o quinto país do mundo com maior quantidade de usuários de Bitcoin e criptomoedas

LinkedIn

Desde antes mesmo do Bitcoin ser lançado, em 2008, já existiam brasileiros debatendo sobre cibersegurança, criptografia e moedas virtuais entre a famosa lista de cypherpunks na qual Satoshi Nakamoto publicou pela primeira vez o white paper do BTC.

Ao longo do tempo, mais e mais brasileiros foram aderindo às criptomoedas de tal forma que hoje existem mais investidores cadastrados em exchanges de criptoativos do que na B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

Toda esta adesão fez o mercado cripto/blockchain crescer no país e, de acordo com uma pesquisa realizada pela Global Digital Report, o Brasil foi classificado com o quinto país do mundo com maior quantidade de usuários de Bitcoin e criptomoedas.

Segundo os dados levantados, cerca de 8,1% dos brasileiros entre 16 e 64 anos possui alguma criptomoeda, colocando a nação à frente dos EUA, Japão, China e também acima da média mundial que está em torno de 5,5%.

 Interessante notar que países como EUA, Japão e Coreia do Sul, que são conhecidos por ter usuários movimentando milhões diariamente por meio de criptomoedas, estão muito longe no ranking da Global, que é liderado, pela África do Sul, com a impressionante média de 10,7% de investidores em criptomoedas.

A pesquisa não é focada em criptomoedas e traça um amplo panorama sobre a penetração das tecnologias digitais nos países estudados e, entre os dados, revelou que o Brasil também tem registrado um dos maiores crescimentos em novos usuários de internet, além de descobrir que 67% da população brasileira possui smartphones.

Por Luciano Rocha/Criptomoedasfacil.com

Deixe um comentário