Libra: Facebook adapta novos planos para sua criptomoeda

LinkedIn

Em uma reviravolta surpreendente, o Facebook está se afastando dos planos originais da Libra, a criptomoeda que propôs no verão passado. Pelo menos por enquanto, a empresa mudará o foco da sua stablecoin lastreada em uma cesta de moedas fiduciárias.

Em vez de emitir uma única stablecoin, a gigante das mídias sociais desenvolverá vários tokens digitais separados, cada um atrelado a uma moeda emitida pelo governo, como dólares e euros. A informação foi divulgada pelo portal The Information na terça-feira, 03 de março, citando três pessoas familiarizadas com o assunto.

De acordo com as fontes citadas, esses novos tokens estarão disponíveis na carteira digital do Facebook, a Calibra, que foi originalmente projetada para suportar o token Libra, e os usuários podem fazer transações e compras com esses tokens usando a carteira.

Segundo o The Information, o Facebook está procurando lançar a carteira e as moedas digitais na mesma época em que a Libra seria lançada, embora o lançamento da carteira tenha sido adiado de junho para outubro. A carteira, que a empresa espera disponibilizar no WhatsApp e no Messenger, pode ser inicialmente restrita a determinados países com base nas moedas locais suportadas.

Porém, isso não significa que a Libra deixou de existir. O The Information afirmou que a Associação Libra seguirá em frente com o token Libra, atrelado a uma cesta de moedas emitidas pelo governo. Conforme relatou o CriptoFácil em outubro, já havia uma especulação de que as pressões regulatórias levasse a Libra a mudar de estratégia e lançar vários tokens separados.

Por Luciano Rocha

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário