Blackrock diminui participação na Copel (CPLE6)

LinkedIn
A Copel divulgou que a Blackrock reduziu sua participação acionária de forma consolidada na empresa para 4,89%.
A empresa agora tem 2.453.872 ações preferenciais classe B da Copel, o equivalente na cotação atual a R$ 129,7 milhões. A Blackrock também possui 3.822.315 ações classe B de American Depositary Receipts (ADRs).
O comunicado foi informado na sexta-feira (24) depois do pregão.
A Blackrock declara também que tal participação não tem o objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da sociedade.
As ações acumulam uma desvalorização de 23,45% em 2020.

A Copel vai divulgar o resultado do 1T20 no dia 11 de maio.

A ADVFN fará a cobertura completa da temporada de balanço das empresas do 1T20.

Sobre a empresa

Copel opera um complexo de geração de energia composto de 18 (dezoito) usinas, sendo 17 (dezessete) delas hidroelétricas. A empresa atua na pesquisa, estudo, plano, construção e exploração da produção, transformação, transporte, distribuição e comercialização da energia, em qualquer uma de suas formas, mas principalmente elétrica.

Ações da Copel negociadas na B3: (BOV:CPLE6) (BOV:CPLE3) (BOV:CPLE5).

No exterior, as ações da Copel também são negociadas em 2 (dois) importantes mercados acionários – nos Estados Unidos e na Espanha. Na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE), o investidor pode negociar ações preferenciais classe B através do código ELP. Ainda nos EUA, o investidor pode comprar e vender recibos de ações ordinárias no mercado de balcão organizado através do código ELPVY. Já no mercado de ações de empresas latino-americanas (Latibex) da Bolsa de Valores de Madri (ESE), ações preferenciais classe B da Copel são negociadas através do código XCOP.

Deixe um comentário