Como o Halving do Bitcoin pode criar novos milionários

LinkedIn

O Halving do Bitcoin é sem dúvidas o momento mais aguardado no futuro próximo da moeda digital. O evento que está bem próximo vem sendo um motivo de discussão pela comunidade nos últimos meses e, de muitas maneiras, continua sendo um mistério para muitos investidores e especialistas.

Para a Forbes, uma das coisas que vão acontecer após a diminuição da recompensa por mineração de bloco na rede do Bitcoin é a criação de uma nova “classe de milionários”, principalmente por que haverá uma grande mudança em como o dinheiro é distribuído.

O artigo teve como base diferentes opiniões de especialistas de diferentes empresas que atuam no mercado de criptomoedas, uma dessas opiniões é a de Michael Dubrovsky, cofundador da empresa de mineração PoWx.

Segundo Dubrovsky, a economia vai seguir a movimentação que muitos estão esperando, com a moeda valorizando consideravelmente após o evento do halving.

“A teoria é que é que terá menos bitcoin disponível para comprar se os mineradores tiverem menos para vender.”

O site aponta para dois principais pontos, de forma bem simples, que podem fazer com que o Bitcoin ganhe mais valor nos próximos meses ou ano.

captura

Primeiro, se o suprimento de Bitcoin cair, mas a demanda continuar a mesma, então o preço vai aumentar. Segundo, se o suprimento cair e a demanda aumentar (com a presença de investidores institucionais), então o preço do Bitcoin vai ter uma alta significativa.

Essa não é a primeira vez que o site tem previsões otimistas para a criptomoeda.

O aumento no preço do Bitcoin é certeza?

A Forbes colocou um ponto bem otimista em relação a ação do preço do bitcoin no médio e longo prazo. Em teoria, o halving será o catalizador da mais nova alta do ativo digital. No entanto, quando falamos em Bitcoin, é difícil garantir qualquer tipo de movimentação.

O mercado de criptomoedas é formado por ativos únicos que muitas vezes desafiam as análises gráficas feitas por diversos profissionais. Muitos defendam a análise fundamentalista como uma melhor forma de prever o preço de criptomoedas no futuro.

Quando analisamos esse fator, as coisas parecem estar indo muito bem para o Bitcoin e a teoria de que o halving vai criar novos milionários parece ter bastante suporte por parte do ecossistema da moeda.

O Bitcoin vem mantendo um aumento no número de contas com diferentes quantidades, indicando cada vez mais holders, o interesse institucional parece estar aumentando também.

CapturadeTela2020-04-28às08.54.52

Isso tudo pode ser hype por causa do halving, mas até mesmo o hype terá um grande impacto no preço e trazer uma oportunidade de venda.

Um dos fatores que mais vem sendo usado como sinal de alta no bitcoin é o histórico dos últimos halving.

Movimentação histórica durante o halving do Bitcoin

Por enquanto tivemos apenas dois eventos como esse na blockchain do Bitcoin. Nos dois casos tivemos movimentações bem parecidas, com uma alta meses após a diminuição da recompensa de mineração.

Curiosamente, em ambos os casos o preço do Bitcoin caiu antes de subir, mais ou menos o que estamos vendo no momento atual.

CapturadeTela2020-04-28às08.55.37

Com isso, temos previsões de que logo o Bitcoin fará muitos milionários.

Tim Draper, um grande defensor do Bitcoin, aposta que o preço da moeda vai chegar a US$ 250 mil.

Preston Pysh, fundador da Buffet’s Books, acredita que o preço chegará a US$ 300 mil.

Raoul Pal, ex-gerente de fundo de hedge na Goldman Sachs apostou que a moeda vai chegar a US$ 1 milhão em 3 anos.

Os novos tipos de milionários

O Bitcoin chegou no mainstream justamente em 2017, quando a sua alta história criou milionários da noite para o dia. Segundo a Forbes, esse fenômeno pode acontecer novamente.

O mais interessante é que, com tipo de investidores que o Bitcoin tem, vemos novos tipos de milionários no mercado, mais especificamente, aqueles que possuem mais ligação com o mercado tecnológico e menos associação com governos e o mercado tradicional.

Se analisarmos alguns dos nomes que ficaram ricos durante o boom das criptomoedas, é possível notar que muitos apostam em um futuro financeiro completamente diferente, com menor centralização e com mais poder para o investidor em relação ao seu dinheiro.

Isso pode trazer um cenário ainda mais disruptivo para o setor financeiro, já que grandes fortunas vão estar nas mãos de pessoas que não possuem muito interesse em manter o sistema da forma que ele atualmente é.

Claro, isso tudo é especulação por parte dos membros da comunidade, principalmente aqueles que acreditam (e têm esperança) na parte mais filosófica do Bitcoin.

Por fim, a moeda fiduciária está à beira de um colapso

 

Como um último ponto importante para uma super valorização do Bitcoin, a Forbes aponta para a grande desvalorização das moedas fiduciárias.

De acordo com o artigo, o mercado financeiro (dando o exemplo dos EUA) está à beira do colapso por causa do acumulo de débito e a impressão sem controle de dinheiro para tentar controlar crises financeiras.

A situação toda foi exacerbada em níveis gigantes por causa da atual crise do coronavírus. Com o pacote de estímulo (similar ao auxílio emergencial aqui no Brasil), a inflação no país pode alcançar níveis alarmantes.

CapturadeTela2020-04-28às08.57.23

E não é de agora que os EUA estão tendo problemas com a sua economia, a dívida interna chegou à casa dos US$ 20 trilhões, recentemente e, com planos de imprimir ainda mais dólares, esse valor vai continuar subindo.

Por fim, teremos uma grande mudança financeira enquanto o dólar quebra e o Bitcoin se fortalece. Tornando alguns cypherpunks e early adopters os grandes nomes, enquanto os muitos dólares de outros vão começar a valer cada vez menos.

Claro, muito disso é baseado em teorias e observações do atual mercado e não é uma boa ideia investir toda a sua economia em Bitcoin. Mas agora pode ser uma boa oportunidade de considerar o ativo digital como uma reserva de valor, mesmo que para uma porcentagem pequena do seu dinheiro.

Por Matheus Henrique

Deixe um comentário