Visa registra pedido de patente para moeda digital

LinkedIn

A Visa apresentou um pedido para criar uma moeda digital em uma blockchain no Escritório de Marcas e Patentes dos EUA.

De acordo com o pedido publicado em 14 de maio – mas arquivado em novembro de 2018 – os inventores Simon J.Host e Alexander Pierre da Visa International Service Association em San Francisco buscaram uma patente para uma moeda digital registrada em uma blockchain e controlada por um computador central da entidade.

Ele cita a Ethereum como uma possível rede. O aplicativo detalha dois registros, um dos quais indicaria “a moeda digital para uma quantia associada à denominação foi criada para uma chave pública associada a uma carteira digital”. O outro registro observa a “remoção da moeda física de circulação em um sistema de moeda fiduciária”.

O aplicativo descreve um processo centralizado para manter o valor da stablecoin:

“… toda vez que um dólar em moeda fiduciária digital é gerado, a entidade central garante que uma nota de dólar física correspondente seja removida de circulação, a fim de regular o valor da moeda fiduciária digital.”

Enquanto o dólar americano é mencionado especificamente como uma das moedas fiduciárias a serem usadas, a Forbes informou que a patente poderia se aplicar a outras moedas digitais do banco central, como libras, ienes e euros: “A moeda física de um banco central em qualquer lugar do mundo poderia ser digitalizada.”

Visa se tornando mais amigável às criptomoedas

Em fevereiro, a Coinbase anunciou que havia se tornado um membro principal da Visa, o que permitiria à exchange emitir cartões de débito para gastar criptomoedas. Dois meses depois, o aplicativo Fold, compatível com a Lightning, ingressou no programa Fintech Fast Track da Visa para lançar um cartão de recompensa de Bitcoin (BTC) associado à marca.

Por Turner Wright

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário