Fundador da Qualicorp é preso em operação sobre campanha eleitoral de José Serra

LinkedIn

Empresário José Seripieri Júnior, fundador e ex-presidente da Qualicorp (BOV:QUAL3) foi preso na manhã desta terça-feira, segundo o portal G1.

A Polícia Federal cumpre mandados na manhã desta terça-feira em uma investigação sobre suposto caixa dois na campanha do ex-governador e atual senador José Serra (PSDB) ao Senado em 2014, informa o portal G1. Realizada com o Ministério Público Eleitoral (MPE), a operação — um desdobramento da Lava-Jato — apura crimes eleitorais.

As investigações, restritas a 2014, quando ele ainda não era senador, apontam que o ex-governador de São Paulo e ex-ministro recebeu R$ 5 milhões em doações não contabilizadas, diz o portal.

Um dos mandados de prisão é contra o empresário José Seripieri Júnior, fundador e ex-presidente da Qualicorp, prossegue o portal.

Segundo o G1, são cumpridos quatro mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Brasília, Itatiba e Itu.

Sede da Qualicorp é alvo de busca e apreensão

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Eleitoral de São Paulo realizaram busca e apreensão de documentos na sede da Qualicorp na manhã da terça-feira (21).

Segundo a PF, a ação na sede da empresa, cujo principal alvo é o fundador ex-presidente José Seripieri Jr., faz parte da Operação Paralelo 23 – a terceira fase da operação Lava Jato junto à Justiça Eleitoral de São Paulo.

A investigação trata de suposto caixa dois de R$ 5 milhões ao ex-governador José Serra (PSDB) na campanha de 2014, quando foi eleito ao cargo que ocupa hoje no Senado Federal.

Agentes cumprem quatro mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Itatiba e Itu (SP) e em Brasília. As ordens foram expedidas pela 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, que também determinou o bloqueio judicial de contas bancárias dos investigados.

“A nova administração da Companhia informa que adotará as medidas necessárias para apuração completa dos fatos narrados nas notícias divulgadas nesta manhã na imprensa, bem como colaborará com as autoridades públicas competentes”, disse a empresa em comunicado.

Deixe um comentário