Privatização da elétrica CEB-D, de Brasília, deve ter preço mínimo de R$ 1,42 bilhão

LinkedIn

O leilão de privatização da elétrica CEB Distribuição (CEB-D), responsável pelo fornecimento no Distrito Federal, deverá ter preço mínimo de R$ 1,42 bilhão  pela totalidade das ações da companhia.

O Conselho de Administração da CEB aprovou neste sábado a convocação de uma assembleia geral de acionistas para aprovar a alienação de 100% das ações da empresa por esse valor, informou a empresa em comunicado.

O preço foi definido pela média de duas avaliações econômico-financeiras da elétrica elaboradas por consultorias independentes contratadas pelo BNDES, que assessora o processo de desestatização.

A CEB-D pertence ao grupo CEB, controlado pelo governo do Distrito Federal.

A privatização da distribuidora de energia será realizada em leilão organizado pela B3, disse a empresa, sem projetar uma data.

Deixe um comentário