Raia Drogasil aprova desdobramento de ações

LinkedIn

A Raia Drogasil (BOV:RADL3) aprovou o desdobramento das suas ações, na proporção de 5 ações ordinárias para cada 1 ação da mesma espécie, sem alteração do valor do capital social. Para cada ação ordinária de sua titularidade, o acionista receberá mais 4 ações da mesma espécie, ficando, ao final, com 5 ações ordinárias de emissão da companhia.

Como consequência do desdobramento, o número de ações ordinárias passou de 330.386.000 ações para 1.651.930.000 ações. As ações passarão a ser negociadas “ex” desdobramento a partir de 21 de setembro de 2020. As quatro ações adicionais resultantes do desdobramento serão creditadas em favor dos acionistas em 23 de setembro de 2020.

De acordo com a companhia, a alteração não modifica o valor do capital social, que se mantém em R$ 2,5 bilhões.

Além disso, as novas ações resultantes do desdobramento conferirão aos titulares os mesmos direitos das ações ordinárias então existentes. Inclusive em relação aos dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados a partir de 16 de setembro de 2020.

Segundo o comunicado, os American Depositary Receipts (ADRs) lastreados em ações de emissão da companhia serão igualmente desdobrados. De modo que o titular de 1 ADR passará a ser titular de 5 ADRs, cada um deles representando uma ação de emissão da Raia Drogasil.

Raia Drogasil (RD) registrou no segundo trimestre um lucro líquido de R$ 44,7 milhões, um recuo de 67,7% em relação aos R$ 138,4 milhões apurados no mesmo período de 2019, com a pandemia de covid-19 provocando perda de alavancagem operacional.

Deixe um comentário