Exportações da Alemanha continua se recuperando em setembro em ritmo mais lento que nos meses anteriores

LinkedIn

As exportações alemãs aumentaram mais do que o esperado em setembro, e o comércio exterior deu à maior economia da Europa um impulso no quarto trimestre, enquanto ela luta para evitar uma contração dupla.

As exportações com ajuste sazonal aumentaram 2,3% no mês, após um aumento revisado para cima de 2,9% em agosto, informou o Escritório Federal de Estatísticas. As importações caíram 0,1%, após alta de 5,8% no mês anterior. O superávit comercial cresceu para 17,8 bilhões de euros, disse o Escritório.

Economistas consultados pela Reuters esperavam aumento de 2,0% nas exportações e de 2,1% nas importações. O superávit comercial foi estimado em 15,8 bilhões de euros.

“Olhando para o futuro, as exportações (e a produção industrial) ainda podem evitar que a economia caia em uma segunda depressão de bloqueio no último trimestre do ano”, disse o economista do ING, Carsten Brzeski.

“Com o presidente eleito dos EUA, Biden, a ameaça das tarifas dos EUA sobre os automotivos europeus (leia-se alemão) deve desaparecer”, acrescentou.

A economia cresceu um recorde de 8,2% no terceiro trimestre em maiores gastos do consumidor e exportações, mas uma segunda onda agressiva de infecções e um novo bloqueio parcial estão agora obscurecendo as perspectivas para o quarto trimestre e além.

Os números anuais mostraram que as exportações para a China aumentaram 10,6% em relação a setembro anterior. As exportações para os Estados Unidos, que segundo o Escritório foram particularmente afetadas pela pandemia do coronavírus, caíram 5,8% no ano e as para o Reino Unido caíram 12,4%.

Está surgindo uma imagem da indústria alemã crescendo apesar da pandemia, enquanto os serviços lutam. A produção industrial aumentou em setembro, mostraram dados na sexta-feira. Uma pesquisa divulgada na última quarta-feira mostrou que a atividade de serviços na Alemanha encolheu pela primeira vez em quatro meses em outubro.

A Alemanha fechou bares, restaurantes, academias, cinemas, teatros e turismo doméstico na última segunda-feira por um mês para combater a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário