Goldman Sachs destaca ações à medida que mais boas notícias impulsionam os mercados

LinkedIn

Notícias mais positivas de vacinas devem elevar as ações na segunda-feira (16), especialmente nomes vinculados a uma reabertura econômica. Para os investidores que buscam aproveitar a grande alta impulsionada pelas vacinas, a Goldman Sachs tem um pacote de ações de alto valor prontas para se beneficiar ao máximo.

David Kostin, o chefe da estratégia de ações do banco nos Estados Unidos, aconselhou os clientes a terem posições táticas em ações de valor em meio às notícias promissoras sobre vacinas. Moderna (MRNA) (M1RN34) disse que os dados preliminares dos testes  mostraram que sua vacina contra o coronavírus foi mais de 94% eficaz, após o anúncio da Pfizer (PFE) (PFIZ34) na semana passada, dizendo que sua vacina candidata tem mais de 90% de sucesso na prevenção do vírus.

“Esperamos que a aprovação e distribuição da vacina sirvam como um catalisador para o comércio e gerem revisões positivas de EPS (lucro por ação) em muitas das indústrias mais afetadas e na maioria das empresas expostas a vírus”, disse Kostin em uma nota.

O desenvolvimento da vacina da Pfizer gerou uma rotação de mercado em ações de valor e fora de nomes de crescimento na semana passada, e a mudança está programada para acelerar na segunda-feira com a notícia da Moderna. Os investidores se amontoaram em empresas que se beneficiariam de uma recuperação econômica no próximo ano, enquanto se desfaziam das ações de alta tecnologia que se sustentaram durante a pandemia.

O Goldman selecionou o S&P 500 para empresas cujas estimativas de lucros ainda estão significativamente abaixo de seus níveis pré-pandemia. O banco acredita que esses nomes podem ter uma recuperação drástica nas expectativas de lucro e têm potencial para liderar os ganhos do mercado.

O banco analisou o S&P 500 para ações com as estimativas de ganhos de consenso para 2021 mais baixas em relação aos lucros realizados em 2019. Espera-se que esses nomes tenham ganhos no próximo ano ainda menos da metade do nível de 2019.

“Presumindo que uma vacina seja aprovada e nossa previsão de linha de base para recuperação seja realizada, destacamos uma lista de ações onde existe a maior lacuna entre as expectativas de consenso atuais para 2021 EPS e EPS pré-pandêmico em 2019”, disse Kostin.

Empresas BDRs YTD
Total Return
2021 EPS as %
of 2019 EPS
Disney (DIS) -6% 55%
Carnival (CCL) C1CL34 -70% -81%
Expedia (EXPE) 9% 4%
Marriott (MAR) M1TT34 -24% 41%
Las Vegas Sands (LVS) -18% 49%
Hilton Worldwide (HLT) H1LT34 -8% 54%
Marathon Petroleum (MPC) M1PC34 -40% -18%
HollyFrontier (HFC) H1FC34 -58% 12%
Valero Energy (VLO) VLOE34 -47% 17%
United Airlines (UAL) -58% -35%
Delta Airlines (DAL) -41% -6%
Alaska Air (ALK) A1LK34 -37% -3%
Southwest Airlines (LUV) S1OU34 -22% 7%
CF Industries (CF) -35% 62%
Albemarle (ALB) A1LB34 65% 68%

A tabela rendeu muitas peças clássicas de reabertura, como companhias aéreas, operadoras de cruzeiros e hotéis, muitos dos quais ganharam dois dígitos na semana passada.

Marriott, Hilton e Las Vegas Sands foram alguns dos nomes de hotéis destacados por Goldman. United Airlines, Delta Air Lines, Alaska Air e Southwest também estão na lista do banco. Restrições de viagens constantes transformaram o setor em uma das maiores vítimas da pandemia e essas ações continuam sendo os maiores perdedores neste ano.

Outros setores cíclicos, como energia e materiais, também devem ter grandes ganhos a partir daqui, de acordo com o Goldman. Entre as ações de energia, o banco disse que a Marathon Petroleum, HollyFrontier e Valero Energy poderiam se beneficiar ao máximo com a recuperação econômica.

O banco também destacou a CF Industries e a Albemarle em materiais.

Na semana passada, o Goldman aumentou sua perspectiva de mercado com as notícias da vacina. A empresa elevou sua meta de S&P 500 para 3.700 de 3.600 no final do ano. Ele também espera que a ampla referência de ações suba para 4.300 até o final de 2021, o que representa um ganho de 21% a partir daqui.

Com CNBC

Deixe um comentário