Energisa diz que preço por ação foi definido em R$ 11,71 mas vê inconsistências em laudo para OPA da Rede Energia.

LinkedIn

A Energisa recebeu o laudo de avaliação das ações de emissão da Rede Energia (BOV:REDE3) elaborado pela Técnica Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial mas vê inconsistências em laudo para OPA.

O Fato Relevante foi divulgado pela empresa (BOV:ENGI3) (BOV:ENGI11) na noite desta sexta-feira (15). Confira o comunicado na íntegra!

Energisa também diz que preço por ação foi definido em R$ 11,71.

A Técnica foi a empresa indicada e escolhida na assembleia especial de acionistas titulares de ações em circulação da Rede Energia ocorrida em 18 de dezembro de 2020, por meio do voto de acionistas representando aproximadamente 0,19% do capital social da Rede Energia. A Companhia informa, que, em análise preliminar do laudo de avaliação, foram identificadas possíveis inconsistências e necessidades de esclarecimento.

Nesse sentido, na qualidade de ofertante no âmbito da Oferta, a Companhia tomará, tempestivamente, as providências pertinentes para a retomada do curso do processo de registro da Oferta, encaminhando à CVM e B3 suas ponderações e pedidos de esclarecimentos sobre a nova avaliação.

A Companhia reforça, ainda, que a Oferta e todos os documentos a ela relacionados, inclusive o novo laudo de avaliação, estão sujeitos à análise da CVM e B3 e poderão ser alterados em virtude de exigências no curso do processo de registro da Oferta.

O Grupo Energisa pretende divulgar os resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020 no dia 11 de fevereiro.

→ A Energisa possui R$ 82,5 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

VISÃO DO MERCADO

Credit Suisse

Segundo o banco, o objetivo é que a Voltz ofereça serviços financeiros aos cerca de 22 mil fornecedores, funcionários e os cerca de 8 milhões de clientes da Energisa, que atua em 11 áreas de concessão. O argumento é de que muitos consumidores de energia no Brasil não fazem parte do sistema bancário tradicional, mas têm acesso a canais digitais, que usam para pagar as contas da Energisa.

O Credit Suisse diz que é difícil estimar o impacto e o valor desta iniciativa, mas avalia que há muito potencial no negócio, para reduzir as provisões com inadimplência (de cerca de R$ 400 milhões, ou 0,9% da receita, ao ano atualmente) ao financiar parte dos clientes, e de reduzir parte dos custos com a cobrança.

O banco diz que mantém uma visão positiva, uma vez que a Energisa reportou resultados no terceiro trimestre de 2020 acima da expectativa, e deverá continuar se beneficiando de bons volumes. Entre os riscos para a empresa estão mudanças regulatórias, variações no volume de consumo, o calendário para novos projetos de fusões e aquisições. O banco ajustou a estimativa para os ganhos por ação levemente.

Credit Suisse mantém recomendação de outperform e eleva preço-alvo de R$ 53,60 para 54,00…

Lucro líquido no 3T20

No 3T20, a Energisa viu seu lucro líquido aumentar de R$ 34,4 milhões para R$ 860,9 milhões. Segundo a empresa, o crescimento foi impulsionado por alguns fatores, como a reversão da provisão para perdas esperadas de créditos de liquidação duvidosa, e a melhora no resultado financeiro. Também teve efeito positivo a marcação a mercado dos bônus de subscrição da 7ª emissão de debêntures.

A receita líquida da Energisa caiu 3,4%, para R$ 4,89 bilhões. A receita operacional bruta recuou 3,3%, para R$ 7,17 bilhões. A receita líquida sem receitas de construção cresceu 4,8%, para R$ 4,32 bilhões.

Deixe um comentário