Índice de preços ao produtor dos EUA aumentou 0,3% em dezembro

LinkedIn

Os preços ao produtor dos EUA subiram moderadamente em dezembro, sugerindo que uma antecipada aceleração da inflação nos próximos meses provavelmente não será preocupante.

O índice de preços ao produtor para a demanda final aumentou 0,3% no mês passado, depois de subir 0,1% em novembro, disse o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. No acumulado de 12 meses até dezembro, o PPI subiu 0,8%, igualando o ganho de novembro.

Um aumento de 1,1% no custo das mercadorias foi responsável pela alta do PPI no mês passado, os preços dos serviços caíram 0,1%.

Economistas previam que o PPI subisse 0,4% em dezembro e ganhasse 0,8% em relação ao ano anterior.

O governo reportou esta semana aumentos sólidos nos preços ao consumidor e de importação em dezembro, os economistas esperam que a inflação acelere nos próximos meses, à medida que o governo fornece mais dinheiro para estimular a economia, e os preços fracos no início da crise do coronavírus saem dos cálculos.

Mas qualquer faísca de inflação provavelmente será temporária em um cenário de ampla folga no mercado de trabalho, com pelo menos 18,4 milhões de americanos recebendo seguro-desemprego.

O Federal Reserve sinalizou que toleraria preços mais altos depois que a inflação persistentemente ultrapassasse a meta de 2% do banco central dos EUA.

Excluindo os componentes voláteis de alimentos, energia e serviços comerciais, os preços ao produtor aumentaram 0,4%. O chamado núcleo PPI avançou 0,1% em novembro, no acumulado de 12 meses até novembro, o núcleo do PPI ganhou 1,1%, após alta de 0,9% em novembro.

Os preços da energia saltaram 5,5% no mês passado, após avançar 1,2% em novembro, os preços dos alimentos no atacado caíram 0,1%. Os preços dos bens essenciais aumentaram 0,5%.

As margens dos serviços de comercialização de demanda final, que medem a evolução das margens recebidas por atacadistas e varejistas, caíram 0,8%. Os custos de saúde aumentaram 0,1%, enquanto as taxas de portfólio aumentaram 1,7%.

Esses custos de saúde e gerenciamento de portfólio alimentam o índice de preços de despesas de consumo pessoal (PCE), a medida de inflação preferida do Fed.

Veja também:
Vendas no varejo dos EUA caíram 0,7% em dezembro
Produto Interno Bruto do Reino Unido caiu 2,6% em novembro
Produção industrial do Reino Unido caiu 0,1% em novembro

(Com informações da Reuters)

Deixe um comentário