Banco do Brasil aprovou a distribuição de R$ 1 bilhão 239 milhões e 821 mil a título de remuneração aos acionistas sob a forma de JCP

LinkedIn

Juros sobre o capital

O conselho diretor do Banco do Brasil  aprovou a distribuição de R$ 1 bilhão 239 milhões e 821 mil a título de remuneração aos acionistas sob a forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BBAS3),  nesta quinta-feira (11).

O valor por ação é de R$ 0,43547315560.

O JCP será atualizado, pela taxa Selic, da data do balanço (31/12/2020) até a data do pagamento (03/03/2021). O JCP terá como base a posição acionária de 22/02/2021, sendo as ações negociadas ex-jcp a partir de 23/02/2021.

→ O Banco do Brasil é uma instituição financeira brasileira cujo Governo Federal detém participação. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

Lucro líquido contábil fica em R$ 3,085 bilhões

Na temporada de divulgação de balanços, agora foi a vez do Banco do Brasil revelar seus números. No acumulado do terceiro trimestre deste ano, ele obteve um lucro líquido contábil de R$ 3,085 bilhões. Esse resultado é uma queda de 27,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando obteve lucro de R$ 4,256 bilhões. No comparativo com o 2T20, o lucro também retraiu, ficando 3,9% menor.

Já o lucro líquido ajustado, que exclui itens extraordinários, ficou em R$ 3,482 bilhões no 3T20, queda de 23,3% quando comparado ao mesmo período de 2019 e alta de 5,2% sobre o 2T20. No acumulado do ano, o lucro líquido soma R$ 9,498 bilhões, queda de 23,8% na comparação com o mesmo intervalo do ano passado.

Os resultados do Banco do Brasil referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2020 foram divulgados no dia 04/11/2020.

Deixe um comentário