Banco PAN (BPAN4): Lucro líquido de R$ 655,5 milhões em 2020 após originação recorde de crédito

LinkedIn

O Banco PAN reportou lucro líquido em 2020 de R$ 655,5 milhões, crescimento de 27% em relação ao resultado do calendário anterior. O lucro por ação foi de R$ 0,54, tanto para ações ordinárias quanto preferenciais. No ano anterior, o lucro fora de R$ 0,44.

O Lucro líquido ajustado para 2020 foi de R$ 871 milhões, com um crescimento de 18%.

Os resultados do Banco PAN (BOV:BPAN4) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 08/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

O banco afirma que a carteira, formada principalmente por crédito consignado e colateralizado, mostrou “resiliência”, e que a expertise em concessão de crédito e cobrança permitiu o crescimento do portfólio e a redução do custo do crédito.

O resultado bruto da intermediação financeira em 2020 foi de R$ 5,913 bilhões, frente a R$ 4,326 bilhões em 2019. O resultado operacional somou R$ 896,614 milhões, frente a R$ 234,453 milhões em 2019.

4T20

Controlado pelo BTG Pactual e pela Caixa, o PAN teve lucro líquido de R$ 171 milhões no quarto trimestre (4T20), em linha com o trimestre anterior (3T20). Já o lucro líquido ajustado foi de R$ 224 milhões no quarto trimestre, 1% inferior ao obtido no mesmo período de 2019. 

A produção de crédito bateu recorde no Banco Pan no quarto trimestre de 2020, impulsionada pelo aquecimento da demanda e por medidas de combate à crise.

A originação média bateu em R$ 3,4 bilhões, um salto de 85% em relação ao volume mensal feito no último trimestre do ano anterior e de 50% sobre o terceiro trimestre. Foi a melhor marca para o banco em todos os segmentos nos quais atua. O Banco Pan atua com financiamento de veículos usados e motos, crédito consignado e cartões para clientes das classes C, D e E.

O Pan fechou dezembro com R$ 28,907 bilhões na carteira de crédito, o que representa alta de 14% em três meses e de 22% em um ano. As operações de consignado, que totalizavam R$ 13,098 bilhões, foram beneficiadas pelo aumento temporário da margem para servidores federais tomarem empréstimos com desconto em folha — medida que acabou no início de janeiro. No segmento de veículos, responsável por outros R$ 11,14 bilhões, a demanda aquecida e melhorias no processo de vendas aceleraram as operações. Em cartões, o crescimento tem sido ajudado por parcerias com varejistas e pela conta digital, lançada há um ano.

A inadimplência recuou para 5,5% da carteira em dezembro, ante 6,7% em setembro e 5,9% no fim do ano anterior. O índice de atrasos de 15 a 90 dias ficou em 6,3%, abaixo do nível pré-crise.

Custos e Despesas

O PAN teve alta de 29% na margem financeira do quarto trimestre frente a igual período de 2019, para R$ 1,585 bilhão. As despesas líquidas com provisões contra calotes ficaram em R$ 247 milhões, praticamente estáveis, ajudadas pela recuperação de créditos.

As despesas operacionais, em contrapartida, avançaram 12%, para R$ 452 milhões no trimestre. O número está relacionado ao desenvolvimento da conta digital, mas também reflete a decisão do banco de reconhecer de uma só vez investimentos no projeto de formalização digital de crédito a veículos, com impacto de R$ 41 milhões.

Dividendos de R$ 8 milhões

O Conselho de Administração do Banco PAN aprovou o pagamento de dividendos, referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2020, no valor de R$ 8.766.282,81, sendo R$ 0,00727458469 por ação, os quais serão pagos no dia 14 de maio de 2021, com base na posição acionária de 4 de maio de 2021.

VISÃO DO MERCADO

Safra

O Safra diz que a originação recorde de crédito foi surpreendente e mantém recomendação de compra após o balanço do 4T20.

Pensando em investir no Banco Pan?

→ O Banco PAN, fundado em 1969, é um banco brasileiro controlado pelo BTG Pactual e pela Caixa Econômica Federal. Opera com cartões de crédito, crédito consignado, financiamento de veículos, investimentos de renda fixa e banco digital. O Banco Pan possui R$ 15,8 bilhões em valor de mercado. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

Não deixe de assistir o Trends ADVFN: Os desafios do Pix e a CIEL3, ITUB4, SANB11, TOTS3

Governança Corporativa

As ações do PAN estão listadas no Nível 1 de governança corporativa da BM&FBOVESPA S.A. – Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (“BM&F Bovespa” e “Nível 1”, respectivamente). O Nível 1 é um segmento de listagem destinado à negociação de ações emitidas por companhias que se comprometam, voluntariamente, com a adoção de práticas diferenciadas de governança corporativa e divulgação de informações adicionais em relação ao que já é exigido pela legislação vigente.

Além disso, em linha com elevadas práticas de governança corporativa, o Estatuto Social do PAN prevê o direito de inclusão de suas ações preferenciais em oferta pública de aquisição de ações nas mesmas condições e preço pago por ação ordinária integrante do bloco de controle (tag-along), nas hipóteses de alienação de seu controle, cancelamento do registro de companhia aberta e saída do Nível 1.

Clique Aqui para saber mais sobre as práticas de governança corporativa do Banco Pan.

Composição Acionária

O Banco PAN é controlado conjuntamente pelo Banco BTG Pactual S.A. (‘BTG Pactual’) e pela Caixa Participações S.A. (‘CAIXAPAR’), subsidiária integral da Caixa Econômica Federal.

Segue abaixo quadro com a atual composição acionária da Companhia:

Composição Acionária (em milhares de ações)
ON % ON PN %PN Total %
Banco BTG Pactual S.A. 334.131 50,8% 206.371 37,7% 540.502 44,9%
Caixa Participações S.A. 323.430 49,2% 323.430 26,8%
Free Float 341.124 62,3% 341.124 28,3%
Total 657.561 100,0% 547.495 100,0% 1.205.056 100,0%

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações do Banco Pan oscilaram entre a mínima de R$ 4,12 e a máxima de R$ 13,32. No último pregão antes da divulgação do resultado do 4T20, a empresa fechou em alta de 6,36%, negociada a R$ 13,04.

Confira o histórico do Banco Pan (BPAN4)

Período Abertura Máxima Mínima Preço Médio Volume Médio Variação Variação %
1 Semana 10,13 13,32 10,13 12,26 8.153.900 2,59 25,57%
1 Mês 9,76 13,32 9,07 10,75 4.639.942 2,96 30,33%
3 Meses 9,24 13,32 9,07 10,30 2.974.382 3,48 37,66%
6 Meses 9,79 13,32 7,24 9,28 3.130.948 2,93 29,93%
1 Ano 10,13 13,32 4,12 8,00 4.392.561 2,59 25,57%
3 Anos 2,23 13,32 1,59 8,08 2.552.366 10,49 470,4%
5 Anos 1,74 13,32 1,18 7,77 1.604.684 10,98 631,03%
* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário