Prossegur, gigante de carro-forte, se une ao bitcoin e criptomoedas e quer financiar startups no Brasil

LinkedIn

A gigante mundial de transporte e custódia de dinheiro físico, Prosegur, famosa por seus carro-forte amarelo, anunciou que quer aumentar a segurança para os usuários de Bitcoin e cirptomoedas.

Desta forma o Grupo Prosegur, anunciou que está com inscrições abertas para seu programa de financiamento em startups, inclusive brasileiras, que tenham como foco gestão e segurança de criptoativos.

No total a empresa pretende incentivar os vencedores com € 30 mi e pode adotar os sistemas em seu produto o “Prosegur Cripto”, voltado para investidores institucionais e ‘baleias’ de criptomoedas.

Além disso, os projetos selecionados poderão desenvolver colaboração com especialistas do Prosegur, utilizando os equipamentos e infraestrutura da companhia.

“Esse novo desafio tecnológico é mais um exemplo do nosso empenho na inovação e no reforço de um setor pioneiro que exige soluções reais e confiáveis em termos de segurança”, afirma Raimundo Castilla, CEO da Prosegur Crypto, empresa de gestão de ativos digitais da Prosegur.

Prosegur, Bitcoin e tecnologia

Esta contudo não é a primeira vez que a Prosegur investe em tecnologia, em 2018, a empresa assinou um acordo para adquirir participação majoritária na Cipher, uma das maiores empresas brasileiras do segmento de cibersegurança.

A Prosegur Tech Ventures, fundo de investimento do grupo associado ao concurso, fez um aporte de R$12 milhões na fintech brasileira Concil no mesmo ano.

No caso das criptomoedas, em novembro de 2020 a empresa anunciou o Prosegur Cripto que permite, entre outros, a negociação de criptomoedas via balcão OTC sem usar a internet.

“Prosegur Crypto é a única plataforma de custódia de ativos digitais que nunca se conecta à internet graças a um modelo de criptografia patenteado. A combinação dessa criptografia com nossos protocolos de segurança física torna nossa solução um modelo único no mundo.”

Por Cassio Gusson

Deixe um comentário