Renova Energia fecha venda de projeto eólico à gestora Prisma Capital por 58,38 milhões

LinkedIn

A Renova Energia, que tem a estatal mineira Cemig como principal acionista, fechou a venda de seu projeto eólico Alto Sertão III – Fase B à gestora Prisma Capital, por 58,38 milhões de reais.

A Prisma foi a vencedora de um leilão do ativo realizado nesta quinta-feira, em meio à recuperação judicial da Renova, ao apresentar oferta à vista e em dinheiro pelo empreendimento.

A comercializadora de eletricidade 2W Energia fez uma proposta de 110 milhões de reais, mas que previa pagamento em compensações de créditos, enquanto a Explora Investimentos ofertou 1 milhão de reais pelo parque.

A Renova Energia recebeu manifestações de interesse da Rio Energy, Copel, Ômega e 2W Energia para participação no leilão dos direitos e ativos do projeto eólico Alto Sertão III – Fase B, informou a companhia nesta terça-feira.

A empresa, que está em recuperação judicial, destacou em comunicado que as manifestações de interesse pelo ativo somam-se à proposta da Prisma Capital, apresentada na modalidade de primeiro proponente.

O conselho de administração da Renova havia comunicado em outubro do ano passado a aceitação de uma proposta da Prisma para aquisição de direitos vinculados ao complexo eólico, o que deu à gestora o direito de preferência no negócio.

Prejuízo líquido de R$ 51 milhões

Renova Energia reportou uma queda de 87% no seu prejuízo líquido no segundo trimestre de 2020, indo a R$ 51 milhões, ante prejuízo de R$ 426 milhões no mesmo período de 2019.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – fechou com lucro de R$ 37 milhões, contra prejuízo de R$ 334 milhões.

Deixe um comentário