Ecorodovias: tráfego consolidado nas estradas sobe de 54,1% entre 22 e 28 de março na base anual

LinkedIn

O tráfego total comparável nas estradas sob concessão da Ecorodovias aumentou 1,1% no acumulado do ano até 28 de março, na comparação com o mesmo período de 2020.

O comunicado ao mercado foi feito pela empresa (BOV:ECOR3) nesta terça-feira antes do pregão. Confira o documento na íntegra!

Na semana entre os dias 22 e 28 de março de 2021 a movimentação nas rodovias foi 39,3% maior do que no mesmo período do ano passado, que coincide com o início dos fechamentos e restrições de mobilidade.

No Estado de São Paulo, onde estão as rodovias com maior movimentação do grupo, a Ecovias dos Imigrantes, que liga a capital paulista à Baixada Santista pelo sistema Anchieta-Imigrantes, viu uma redução de 1,5% no volume total de veículos, incluindo leves e pesados no acumulado do ano, já no período destacado houve uma alta de 33,2% no fluxo.

Prejuízo de R$ 423,9 milhões em 2020

A concessionária Ecorodovias registrou perdas de R$ 423,9 milhões em 2020, ante prejuízo de R$ 185,5 milhões contabilizados um ano antes. Diante dos resultados, a companhia afirmou que não haverá distribuição de dividendos referente ao exercício de 2020.

A companhia informou que, em 2020, o tráfego consolidado cresceu 1,6%, devido ao início da cobrança de pedágio pela Eco135, consolidação da Eco050 e ao início da cobrança de pedágio pelas praças P1 e P2 da Ecovias do Cerrado.

Deixe um comentário