Google gastará US$ 7 bilhões em data centers e escritórios em 2021

LinkedIn

O Google (NASDAQ:GOOGL) afirma que planeja gastar mais de US$ 7 bilhões em imóveis nos Estados Unidos em 2021, à medida que retoma os gastos após a pandemia da Covid-19.

A empresa disse que o dinheiro irá para a expansão de escritórios e data centers em 19 estados americanos, criando o que diz ser equivalente a pelo menos 10.000 empregos em tempo integral. US$ 1 bilhão irá especificamente para a Califórnia.

“Reunir-se pessoalmente para colaborar e construir uma comunidade é fundamental para a cultura do Google e continuará a ser uma parte importante do nosso futuro”, disse o CEO Sundar Pichai em uma postagem de blog na quinta-feira. “Portanto, continuamos a fazer investimentos significativos em nossos escritórios em todo o país, bem como em nosso estado natal da Califórnia, onde estaremos investindo mais de US$ 1 bilhão este ano.”

A empresa controladora do Google, Alphabet (BOV:GOGL34), interrompeu seus gastos com imóveis no ano passado, após a pandemia e o primeiro declínio de receita ano a ano do Google no segundo trimestre do ano passado.

As expansões do data center vêm à medida que a empresa cresce agressivamente seus negócios em nuvem. A empresa divulgou os resultados operacionais desse negócio em seu último relatório de lucros, revelando que perdeu US$ 5,61 bilhões em receitas de US$ 13,06 bilhões no ano passado. O CEO do Google Cloud, Thomas Kurian, disse aos investidores no mês passado que está focado no crescimento do negócio agora, com vistas à lucratividade no futuro.

A empresa planeja devolver os trabalhadores aos escritórios a partir do outono norte-americano. Pichai disse anteriormente que o Google não adotaria um plano de trabalho remoto permanente, esperando que a maioria dos funcionários compareça aos escritórios designados três dias por semana a partir de setembro.

Como parte das expansões, Pichai disse que a empresa adicionará milhares de novas funções em seus escritórios em Atlanta, Washington, DC, Chicago e Nova York.

“Isso ajudará a trazer mais empregos e investimentos para diversas comunidades como parte dos nossos compromissos de equidade racial anunciados anteriormente”, afirmou Pichai, acrescentando que 2020 foi o maior ano de sempre para a contratação de funcionários negros e latinos do Google nos EUA.

A empresa está planejando abrir novos escritórios em Seattle, Houston e Mississippi. Ela está planejando vários empreendimentos massivos em várias cidades, incluindo perto de sua sede em Mountain View, Califórnia, onde está incorporando habitações.

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário