Santos Brasil declara que a Standard & Poor´s reafirmou o rating de crédito corporativo ‘brAAA’ atribuído à Companhia

LinkedIn

A Santos Brasil Participações declara que a Standard & Poor´s – S&P Global Ratings (“S&P”) reafirmou o rating de crédito corporativo ‘brAAA’ atribuído à Companhia, nível mais alto da Escala Nacional Brasil, alterando a perspectiva do rating de “negativa” para “estável”.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:STBP3), nesta quinta-feira (25). Confira o documento na íntegra.

De acordo com o relatório da S&P, a alteração da perspectiva do rating de crédito corporativo para “estável” incorpora a expectativa de uma melhora consistente de geração de caixa, uma vez que a Companhia vem registrando melhora gradual dos volumes de contêineres movimentados.

Além disso, destaca a S&P, “Esperamos que nos próximos 24 meses a empresa apresente fontes de caixa superando os usos em mais de 3,0x, principalmente por conta de sua elevada posição de caixa.

Além disso, acreditamos que sua administração está comprometida a manter fontes de liquidez ultrapassando seus usos em pelo menos 50%, como visto ao longo de 2020”.

Prejuízo líquido de R$ 13,8 milhões em 2020, revertendo lucro de 2019

Santos Brasil registrou prejuízo de R$ 13,8 milhões, revertendo lucro de R$ 11 milhões contabilizados em 2019.

“A atividade portuária no Brasil e no mundo se manteve ativa em 2020, porém sofreu com choques de oferta e de demanda, principalmente nos 2º e 3º trimestres, que reduziram sobremaneira o volume de bens e mercadorias transportados por via marítima”, justificou a empresa.

Entre janeiro e dezembro, houve queda de 4,4%, para R$ 929,6 milhões na receita líquida.

Em 2020, houve recuo de 7,7% no número de contêineres, para 1.078.992.

“Em 2020, o pico sazonal se concentrou no 4º Trimestre, reflexo da pandemia da Covid-19, impactando positivamente o volume consolidado de contêineres movimentados, inclusive de importações”, afirmou a empresa.

Deixe um comentário