A receita da Qualcomm (QCOM34) cresce 52% no 2T21 para US$ 7,93 bilhões

LinkedIn

As ações da Qualcomm (NASDAQ:QCOM) subiram cerca de 4,6% nas negociações estendidas da quarta-feira (28), depois que a fabricante de chips relatou ganhos fiscais do segundo trimestre que excederam as estimativas dos analistas.

Resultados:

  • Lucro por ação: US$ 1,90 por ação, ajustado, contra US$ 1,67 por ação, conforme esperado pelos analistas da Refinitiv.
  • Receita: US$ 7,93 bilhões, contra US$ 7,62 bilhões esperados por analistas da Refinitiv.
A receita cresceu 52% em base anualizada no trimestre encerrado em 28 de março, segundo comunicado. A menor demanda por telefone devido ao coronavírus no trimestre do ano passado resultou em um crescimento mais rápido do que o normal. No trimestre anterior, a receita cresceu 63%.

O lucrativo segmento Qualcomm Technology Licensing da empresa, que inclui royalties de patentes de aparelhos móveis, contribuiu com US$ 1,61 bilhão em receita, que foi 51% acima do consenso de US$ 1,35 bilhão entre os analistas pesquisados ​​pela FactSet.

A Qualcomm obtém grande parte de sua receita de chips de aparelhos, e a implantação de redes 5G cria uma oportunidade de crescimento para a empresa, especialmente à medida que a economia reabre e as pessoas começam a viajar mais.

A receita de aparelhos, de US$ 4,07 bilhões, cresceu 53%, embora analistas ouvidos pela FactSet esperassem US$ 4,23 bilhões. O segmento maior da Qualcomm CDMA Technologies, que inclui aparelhos assim como interface de radiofrequência, internet das coisas e componentes automotivos, teve receita de US$ 6,28 bilhões, superando o consenso de US$ 6,26 bilhões do FactSet.

A empresa disse que agora tem uma tendência de alta para o crescimento de um dígito alto nos embarques de aparelhos 3G, 4G e 5G em 2021, em vez da previsão de crescimento de um dígito alto que deu em janeiro.

Parte desse crescimento deve fortalecer o próximo trimestre da Qualcomm. A Qualcomm orientou ganhos ajustados para o terceiro trimestre fiscal de US$ 1,55 a US$ 1,75 por ação, com receita de US$ 7,1 bilhões a US$ 7,9 bilhões. Analistas ouvidos pela Refinitiv esperavam US$ 1,52 em lucro ajustado por ação sobre US$ 7,11 bilhões em receita.

No segundo trimestre fiscal, a Qualcomm adquiriu a startup Nuvia por US$ 1,4 bilhão, antes do capital de giro e outros ajustes, e a Qualcomm disse que em 30 de junho, Cristiano Amon, seu presidente, substituirá o atual CEO Steve Mollenkopf.

A Qualcomm também é negociada na B3 através da BDR (BOV:QCOM34).

As ações QCOM caíram 10% desde o início do ano, em comparação com um ganho de cerca de 12% no índice S&P 500 no mesmo período.

CapturadeTela2021-04-28às17.56.27Gráfico candle diário da QCOM – br.advfn.com

Os executivos discutirão os resultados com analistas em uma teleconferência a partir das 16h45, horário do leste dos EUA.

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário