Banco central japonês inicia testes para o iene digital

LinkedIn

O Banco central do Japão lançou hoje a primeira fase de um estudo de viabilidade para criação sua moeda digital.

O banco descreve essa fase inicial como uma de “Prova de Conceito (PoC)”, e a moeda digital será testada “como um instrumento de pagamento, emissão, distribuição e resgate”.

CBDCs são moedas digitais administradas pelo Estado, que, no caso do Japão, seria uma versão digital de sua moeda, o iene japonês. Eles são semelhantes a stablecoins, que são indexados a uma proporção de 1: 1 com uma moeda fiduciária específica. No entanto, muitas vezes eles não são executados em um blockchain e o banco central mantém a autoridade sobre os livros-razão.

O banco planeja executar a fase PoC por um ano e, em seguida, acompanhá-la por mais fases antes de colocar no mercado.

Acelerando os testes

O Japão quer apressar os testes para não ficar pra trás em comparação com outros países que ja lançaram suas moedas digitais, como as Bahamas e o Camboja.

além disso, o principal rival econômico do Japão, a China, está testando o yuan digital, conhecido como DCEP – abreviação de “moeda digital, pagamento eletrônico”. No mês passado, seis bancos públicos chineses começaram a aceitar pedidos de cidadãos de Xangai e Pequim para abrir uma carteira digital em yuans.

“Embora não haja mudança na posição do Banco de que ‘atualmente não tem planos de emitir CBDC’, acreditamos que iniciar experimentos nesta fase é uma etapa necessária”, disse Uchida, diretor executivo do banco, referindo-se à fase PoC que hoje começou pra valer.

Se, após um ano, o banco achar que a fase PoC foi frutífera, ele avançará para a próxima fase: um programa piloto.

Cauteloso mas curioso

A postura cautelosa, porém curiosa, do Japão é semelhante à de muitos outros bancos centrais. O Banco da Inglaterra, por exemplo, disse no mês passado que uma moeda digital precisaria ser projetada “com muito cuidado” e poderia apresentar “desafios significativos” quando introduzida.

Deixe um comentário