CSN vai elevar o preço do aço em até 18%

LinkedIn

A CSN (BOV:CSNA3) vai elevar mais uma vez o preço do aço neste ano, informa o Estadão. Desta vez o reajuste, o quarto em 2021 ano será de até 18%, já no mês de maio. O primeiro reajuste foi de 15% em janeiro, mesmo porcentual aplicado em fevereiro e em abril foram mais 10%.

A partir de sábado, 1º de maio, os preços vão subir 18% no laminado a frio, 16,75% na folha metálica, 16,5% no laminado zincado, no galvalume e no pré pintado, e 16% no laminado a quente.

O vice-presidente Comercial da companhia, Luis Fernando Martinez, disse ao jornal que o reajuste acompanha a alta do dólar e os preços elevados do aço no mercado externo, sem falar no minério de ferro.

Lucro de R$ 5,7 bilhões no primeiro trimestre, superando as expectativas

A Companhia Siderúrgica Nacional registrou lucro líquido de R$5,7 bilhões no primeiro trimestre, impulsionado pela abertura de capital de sua área de mineração, recuperação de volumes de vendas, melhores preços em siderurgia e alta dos preços do minério.

A CSN também informou que obteve um ganho extraordinário de R$2,472 bilhões com a venda de ações na oferta pública inicial da CSN Mineração, o que ajudou a impulsionar o lucro.

Deixe um comentário