Johnson & Johnson tem receita de US$ 22,32 bilhões no 1º trimestre de 2021

LinkedIn

A Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) divulgou na terça-feira US$ 100 milhões em vendas no primeiro trimestre de sua vacina de Covid-19, que foi interrompida nos EUA enquanto os reguladores de saúde dos EUA investigam um raro problema de coagulação do sangue.

Ao divulgar seus resultados financeiros do primeiro trimestre, a empresa também divulgou ganhos e receitas que superaram as expectativas de Wall Street.

Veja como a J&J se saiu em comparação com o que Wall Street esperava, de acordo com as estimativas médias compiladas pela Refinitiv:

  • EPS ajustado: US$ 2,59 por ação contra US$ 2,34 esperados.
  • Receita: US$ 22,32 bilhões contra US$ 21,98 bilhões esperados.

O preço das ações da empresa sediada em Nova Jersey ficou essencialmente estável no pré-mercado após o relatório.

A Johnson & Johnson também é negociada na B3 através da BDR (BOV:JNJB34).

O negócio farmacêutico da J&J, que desenvolveu a vacina de dose única de Covid-19, gerou US$ 12,19 bilhões em receita, um aumento de 9,6% ano a ano. Os resultados foram impulsionados pelas vendas do medicamento para mieloma múltiplo Darzalex and Stelara, um tratamento para a doença de Crohn.

A unidade de consumo da empresa, que fabrica produtos como Neutrogena e Listerine, gerou US$ 3,5 bilhões em receita, queda de 2,3% em relação ao ano anterior. Sua unidade de dispositivos médicos gerou US$ 6,57 bilhões, um aumento de 7,9%.

A empresa elevou suas projeções de ganhos e receitas para o ano. A J&J agora espera lucro para o ano todo de US$ 9,42 a US$ 9,57 por ação, em comparação com sua previsão anterior de US$ 9,40 a US$ 9,60 por ação. Ela espera receita entre US$ 90,6 bilhões e US$ 91,6 bilhões, em comparação com sua previsão anterior de US$ 90,5 bilhões a US$ 91,7 bilhões.

Os resultados financeiros da J&J aparecem no momento em que a vacina Covid-19 da empresa foi colocada em pausa nos Estados Unidos depois que seis mulheres desenvolveram um distúrbio de coagulação do sangue raro, mas potencialmente fatal, que deixou uma morta e outra em estado crítico.

As mulheres desenvolveram a condição conhecida como trombose do seio venoso cerebral cerca de duas semanas após receberem a injeção, disseram autoridades de saúde dos Estados Unidos. CVST é uma forma rara de acidente vascular cerebral que ocorre quando um coágulo de sangue se forma nos seios venosos do cérebro. Ele pode eventualmente vazar sangue para os tecidos cerebrais e causar hemorragia.

O consultor médico chefe da Casa Branca, Dr. Anthony Fauci, disse na semana passada que a pausa daria aos reguladores de saúde dos EUA o tempo de que precisam para investigar minuciosamente os casos e “encontrar alguns denominadores comuns entre as mulheres envolvidas”.

Segundo a CNBC, a empresa está trabalhando com os reguladores dos EUA para garantir que eles tenham todas as informações de que precisam para tomar sua decisão sobre o uso da vacina da J&J. Ele disse que espera que os EUA tomem uma decisão já no final desta semana. Um painel importante dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças está programado para se reunir na sexta-feira para fazer uma recomendação sobre a vacina.

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário