Sinqia: fundos geridos pelo Itaú Unibanco reduzem participação acionária da companhia para 4,63%

LinkedIn

A Sinqia, recebeu correspondência do Itaú Unibanco, informando que os fundos por ele geridos passaram a deter 3.267.064 ações ordinárias de emissão da Sinqia, representando redução na participação acionária em 4,63% do capital social.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:SQIA3) nesta quinta-feira (01). Confira o comunicado na íntegra.

Declara, ainda, que tal participação não tem o objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da sociedade.

Lucro líquido de R$ 5 milhões em 2020, revertendo prejuízo do ano anterior

A Sinqia registrou lucro líquido de R$ 5 milhões em 2020, revertendo prejuízo de R$ 4,6 milhões no ano anterior

A Sinqia finalizou 2020 com uma posição financeira de R$ 321,1 milhões em caixa.

“Mantemos recursos suficientes para intensificar o plano de consolidação. Os recursos estão disponíveis, o pipeline de M&A tem quantidade e qualidade e estamos confiantes em nossas iniciativas de corporate venture capital e inovação aberta. Estamos confiantes para 2021”, finaliza Bernardo.

4T20

A Sinqia registrou lucro líquido de R$ 3,1 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, o que corresponde a uma alta de 1496,9% em comparação com o  mesmo período em 2019.

Já o Ebitda Ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – atingiu recorde R$ 10,6 milhões, avançando 65,8% ante o mesmo período em 2019. A margem Ebitda ajustada foi de 18% – a maior lucratividade trimestral desde o IPO, segundo a empresa.

Deixe um comentário