WeWork passa a aceitar criptomoedas como forma de pagamento e vai mantê-las em seu balanço patrimonial

LinkedIn

WeWork (NYSE:WEWK), corretora de imóveis comerciais, agora aceita bitcoin (BTC) e outras criptomoedas como forma de pagamento.

Ao anunciar a notícia nesta terça-feira (20), a WeWork disse que fez uma parceria com a BitPay e que também aceitará ether (ETH) e as stablecoins USD Coin (USDC) e Paxos Standard (PAX) para pagamentos.

A Coinbase se tornou o primeiro cliente da WeWork a pagar em criptomoeda. Ainda não foi informado qual criptomoeda a corretora cripto irá utilizar.

WeWork também pagará seus locadores e parceiros terceirizados em criptomoedas por meio da Coinbase.

“WeWork sempre esteve à frente em tecnologias de inovação, encontrando novos meios de apoiar nossos membros. Só faz sentido para nós expandir a quantidade de opções disponíveis, adicionando criptomoedas como uma forma de pagamento aceitável para nossos clientes”, disse Sandeep Mathrani, CEO da WeWork.

Com a notícia, a WeWork se tornou a segunda empresa, depois da Tesla, a aceitar pagamentos em criptografia e também mantê-los no balanço patrimonial. Quanto a apenas manter bitcoin no balanço patrimonial, várias empresas, incluindo MicroStrategy e Square, já o fazem.

Deixe um comentário