AES Brasil aprova proposta de reorganização societária envolvendo incorporação da AES Brasil Operações

LinkedIn

O Conselho de Administração da AES Brasil aprovou a proposta de reorganização societária envolvendo incorporação da AES Tietê pela AES Brasil Operações, subsidiária integral da AES Tietê.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:AESB3) nesta quarta-feira (12).

Conforme divulgado pela AES Tietê a reorganização tem a eficácia suspensa, condicionada à obtenção de aprovações prévias de terceiros competentes para tanto.

Ao longo dos últimos anos, a AES vem reestruturando as suas atividades no País, com o intuito de otimizar a estrutura societária e de capital, concentrar esforços na geração de energia renovável, bem como elevar os níveis de governança corporativa com a listagem da AES Brasil.

Esse novo passo contribuirá para que a AES Brasil e suas controladas consolidem seus investimentos em fontes renováveis, por meio do aumento de liquidez, suportando assim sua estratégia de crescimento e diversificação de portfólio. A Companhia manterá o mercado e seus acionistas oportuna e adequadamente informados sobre os fatos subsequentes.

Lucro líquido de R$ 93 milhões, alta de 23% no primeiro trimestre

A geradora de energia AES Brasil registrou lucro líquido de R$ 93 milhões no primeiro trimestre do ano, uma alta de 23% na comparação anual, impulsionado pelo aumento na margem das fontes eólica, solar e hídrica, associado ao bom desempenho operacional dos projetos.

receita líquida subiu 12,6% na base anual, para R$ 556,7 milhões.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de R$ 349 milhões, uma alta de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Deixe um comentário