Telefônica Brasil (VIVT3): lucro líquido de R$ 942 milhões no 1T21, queda de 18%

LinkedIn

A Telefônica Brasil teve lucro líquido de R$ 942 milhões no primeiro trimestre, queda de 18% ante mesmo período de 2020, diante de maiores despesas financeiras e depreciação.

No 1T21, o Resultado Financeiro registrou uma despesa financeira de R$ 315 milhões, um aumento de 61,7% a/a. principalmente pelo maior endividamento relacionado a contratos reconhecidos como leasing em função do IFRS16.

Já a receita líquida da companhia aumentou 0,22% de um ano para o outro, passando de R$ 10,82 bilhões para R$ 10,85 bilhões. Em relação ao último trimestre (R$ 11,19 bilhões), a receita diminuiu 3,07%.

O ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – recorrente foi de 4,4 bilhões, incremento de 0,5% quando comparado ao 1T20, com margem ebtida de 41,1%. O desempenho reflete a expansão das receitas core combinada à menor representatividade das receitas não-core e ao rígido controle de custos da Companhia.

A dívida líquida ficou em R$ 378,01 milhões no encerramento do 1º trimestre de 2021, queda de 92,06% ante os R$ 4,76 bilhões registrados no ano anterior.

Os Investimentos realizados no 1T21 alcançaram R$ 1.943 milhões, o que representa 17,9% da Receita Operacional Líquida do trimestre. A maior parte desse montante foi destinada à expansão da rede de fibra, que atingiu 276 cidades ao final do 1T21, e à conexão de novos clientes FTTH e IPTV. No móvel, reforçamos a capacidade das redes 4G e 4.5G de forma a garantir a qualidade do serviço prestado frente à crescente demanda. Ao incluir o efeito do IFRS 16 houve um incremento de 66,6% a/a em função do efeito pontual de renegociações de contratos de aluguel de longo prazo realizadas durante o trimestre.

A Telefônica expandiu a sua base de clientes e de receitas oriundas dos seus principais serviços, como banda larga via fibra ótica.

No entanto, a queda no lucro líquido resultou dos aumentos das rubricas depreciação e despesa financeira, parcialmente compensadas por menores impostos no período.

A depreciação e a amortização aumentou 5,9%, para R$ 2,905 bilhões, refletindo a maior depreciação da base de ativos e o crescimento do número de contratos de leasing.

Os resultados do Telefônica Brasil (BOV:VIVT3) referentes suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 11/05/2021. Confira o Press Release completo!

A companhia também anunciou que assinou memorando de entendimento vinculante com a Teledoc Health para criar uma plataforma de telemedicina no Brasil chamada de Vida V, que será lançada nos próximos meses.

VISÃO DO MERCADO

Credit Suisse

O Credit Suisse afirma que mantém uma visão positiva quanto à Vivo e que a valoração continua atrativa. A performance operacional deve melhorar no ano, diz o banco. A distribuição de novos serviços digitais pode abrir perspectiva de valorização.

Deixe um comentário