Confira os Indicadores Econômicos desta quinta-feira (17/06/2021) - IPC-Fipe, IPC, Pedidos de Seguro-desemprego…

LinkedIn

Confira os principais indicadores econômicos de hoje, em destaque o número de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiu em 37 mil solicitações na semana encerrada em 12 de junho, totalizando 412 mil, após ter alcançado 375 mil na semana anterior, segundo estatísticas do Departamento do Trabalho ajustadas por fatores sazonais.

Brasil

  • IPC-Fipe subiu 0,68% na segunda quadrissemana de junho

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,68% na segunda quadrissemana de junho, acelerando em relação à alta de 0,52% observada na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 17, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na segunda leitura de junho, cincos dos sete componentes do IPC-Fipe ganharam força: Habitação (de 0,72% na primeira quadrissemana para 1,04% na segunda quadrissemana); Alimentação (de -0,02% para 0,01%); Transportes (de 1,36% para 1,44%); Despesas Pessoais (de 0,30% para 0,68%) e Educação (de 0,04% para 0,09%).

Europa

  • Índice de preços ao consumidor da zona do euro subiu 2,0% em maio

O índice de preços ao consumidor dos países que compõem a zona do euro subiu 2,0% em maio na comparação com o mesmo período de 2020, após a alta de 1,6% de abril, segundo dados revisados divulgados pela agência de estatísticas Eurostat. A leitura preliminar mostrava dado idêntico.

O núcleo do índice, que exclui do cálculo os preços de energia, alimentos, álcool e tabaco, subiu 1,0% em maio em base anual, após a alta de 0,7% de abril, mostrando alta de 0,1 ponto percentual (pp) em relação à leitura anterior.

Os preços de alimentos, álcool e tabaco subiram 0,5% em maio (revisão de -0,1 pp), após a alta de 0,6% em abril, e os preços de energia avançaram 13,1% (sem revisão), após a alta de 10,4% no mês anterior.

Estados Unidos

  • Pedidos de auxílio-desemprego semanais nos EUA totalizam 412.000, contra a estimativa de 360.000

O número de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiu em 37 mil solicitações na semana encerrada em 12 de junho, totalizando 412 mil, após ter alcançado 375 mil na semana anterior, segundo estatísticas do Departamento do Trabalho ajustadas por fatores sazonais.

Os analistas previam 360 mil pedidos. Uma queda nos pedidos sugere que menos pessoas estão sem trabalho, enquanto uma alta indica o contrário. A média móvel dos pedidos de seguro-desemprego feitos nas últimas quatro semanas, um indicador menos volátil, caiu em 8 mil, em 395 mil pedidos.

  • Índice Fed Filadélfia de atividade industrial cai a 30,7 pontos em junho

O índice de atividade industrial regional medido pelo Federal Reserve Bank da Filadélfia caiu de 31,5 pontos em maio para 30,7 pontos em junho. Números positivos indicam expansão da atividade, enquanto valores negativos apontam contração. O mercado previa queda para 30,0 pontos.

O componente de novas encomendas recuou de 32,5 para 22,2 pontos em junho, enquanto o de exportações subiu de 21,0 para 27,2 pontos. O componente de preços pagos avançou de 76,8 para 80,7 pontos e o de preços recebidos subiu de 41,0 para 49,7 pontos.

Ásia

=> Os resultados de indicadores dos países asiáticos saem após o encerramento das negociações das Bolsas ocidentais, em virtude do fuso horário, portanto, apenas  disponíveis no próximo dia, aguarde para mais atualizações…

Deixe um comentário