Multilaser pode levantar R$ 2 bilhões em oferta pública de ações

LinkedIn

A empresa de tecnologia Multilaser pode levantar R$ 2 bilhões em sua oferta pública de ações (IPO, em inglês), considerando o preço-médio de R$ 11,90 por ação, mostra documento enviado à CVM.

Segundo o prospecto, a faixa indicativa ficou entre R$ 10,80 e R$ 13, sendo que a oferta será primária, ou seja, os recursos irão para empresa.

A Multilaser ofertará 172 milhões de ações. Com o lote complementar, a oferta poderá chegar a 206 milhões.

A precificação ocorrerá no dia 15 de julho. Os papéis passam a ser negociadas na B3 em 19 de julho com o ticker “MLAS3“.

Itaú BBA e Safra foram mantidos como coordenadores da operação, junto com a XP (XP), Bank of America e UBS-BB, no lugar de JPMorganBTG Pactual (BPAC11), CitiCredit Suisse, que participavam na tentativa anterior.

A Multilaser diz deter 65% do mercado de pendrives, 39% dos cartões de memória no país e fabrica também smartphones, notebooks e acessórios de computador e para esportes e saúde, além de equipamentos de áudio e vídeo, segurança eletrônica e brinquedos, entre outros.

Informações Reuters

Deixe um comentário