Warren Buffett doa outros US$ 4,1 bilhões e renuncia ao cargo de curador da Fundação Gates

LinkedIn

Warren Buffett disse que doará US$ 4,1 bilhões em ações da Berkshire Hathaway (NYSE:BRK.A) para cinco fundações e que renunciará como curador da Fundação Bill & Melinda Gates.

A doação deste ano marcou a metade do caminho para o lendário investidor, que em 2006 se comprometeu a doar todas as suas ações da Berkshire por meio de doações anuais à Fundação Bill e Melinda Gates, Fundação Susan Thompson Buffett, Fundação Sherwood, Fundação Howard G. Buffett e Fundação NoVo. Naquela época, Buffett possuía 474.998 ações “A” da Berkshire. Hoje, ele disse que possui 238.624 ações, no valor de cerca de US$ 100 bilhões.

“Hoje é um marco para mim”, disse Buffett em um comunicado na quarta-feira (23). “Em 2006, prometi distribuir todas as minhas ações da Berkshire Hathaway – mais de 99% do meu patrimônio líquido – para a filantropia. Com a distribuição de US$ 4,1 bilhões de hoje, estou na metade do caminho”.

Buffett também anunciou sua renúncia como curador da Fundação Bill & Melinda Gates, que ocorre em um momento em que a importante fundação está enfrentando um momento tumultuado com o divórcio de seus dois fundadores.

“Durante anos fui curador – um curador inativo – de apenas um destinatário de meus fundos, a Fundação Bill e Melinda Gates (BMG). Agora estou renunciando ao cargo, assim como fiz em todos os conselhos corporativos, exceto o da Berkshire”, disse Buffett. “O CEO do BMG é Mark Suzman, uma excelente seleção recente que tem todo o meu apoio. Meus objetivos estão 100% em sincronia com os da fundação, e minha participação física não é necessária de forma alguma para alcançá-los”.

Bill Gates, co-fundador e ex-CEO da  Microsoft, e sua esposa, Melinda French Gates, anunciaram seu divórcio em maio. O casal e Buffett foram os criadores do Giving Pledge, um programa que exige que os participantes doem mais da metade de sua riqueza.

Buffett disse que suas 16 contribuições anuais para as cinco fundações ao longo dos anos valeram US$ 41 bilhões quando desembolsadas. Buffett é o maior acionista da Berkshire, possuindo cerca de 39% das ações Classe A, de acordo com a FactSet.

As ações “A” da Berkshire se recuperaram mais de 20% para atingir um recorde em 2021, já que muitos dos negócios do conglomerado se recuperaram melhor do que o esperado com a pandemia.

“Eu sou otimista. Embora haja muitos opositores – como sempre fizeram em minha vida -, os melhores dias da América certamente estão por vir ”, disse Buffett. “A filantropia continuará a combinar talento humano com recursos financeiros. O mesmo acontecerá com as empresas e o governo. Cada força tem seus pontos fortes e fracos específicos. Combinados, eles farão do mundo um lugar melhor – um lugar muito melhor – para as gerações futuras”.

A Berkshire Hathaway também é negociada na B3 através da BDR (BOV:BERK34).

Deixe um comentário