China bloqueia acesso à Binance através de firewall

LinkedIn

A China deu mais um golpe na tentativa de tentar parar o mercado de criptomoedas, desta vez, proibindo o acesso à Binance, a maior exchange de criptomoedas por volume de negociação do mundo.

A notícia foi relatada pelo jornalista de pseudônimo Wu Blockchain:

CapturadeTela2021-07-09às09.52.51

“Na noite de 8 de julho, horário de Pequim, muitos usuários descobriram que o aplicativo da Binance parecia estar bloqueado na China e precisava usar uma VPN para fazer login. “

O “grande firewall” do país agora os impede de acessar a bolsa de criptomoedas, o que significa que ela só pode ser visitada com a ajuda de um serviço de rede privada virtual (VPN).

Contudo, as principais concorrentes da Binance, Huobi e OKEx, ainda estão disponíveis para acesso no país.

As buscas por palavras-chave para Binance e outras exchanges de criptomoedas populares foram colocadas na lista negra de serviços de internet chineses no início de junho.

A proibição de Binance é parte da maior operação contra as criptomoedas da China, que também incluiu a erradicação de toda a indústria legal de mineração de Bitcoin do país no mês passado.

A Binance também está enfrentando severo escrutínio regulatório em todo o mundo. Vários bancos do Reino Unido proibiram pagamentos para a plataforma de negociação no início desta semana.

A Binance, que originalmente surgiu na China, teve que se mudar para Malta após as restrições do país ao mercado de cripto-ativos em 2017.

Você acha que a China terá sucesso na tentativa de parar as criptomoedas? Deixe na seção de comentários abaixo.

Deixe um comentário