Livro Bege: Perspectiva para demanda melhorou e oferta segue incerta

LinkedIn

A economia norte-americana segue se fortalecendo, mas essa recuperação tende a esbarrar nos gargalos de oferta. O Livro Bege, relatório econômico sobre as 12 principais regiões dos Estados Unidos, mostrou que as perspectivas para a demanda são positivas, mas há pessimismo sobre o abastecimento.

“A economia dos Estados Unidos se fortaleceu ainda mais do final de maio ao início de julho, apresentando um crescimento moderado a robusto”, disse o documento do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). “As perspectivas para a demanda melhoraram ainda mais, mas muitos contatos expressaram incerteza ou pessimismo quanto à redução das restrições de oferta”, acrescenta.

Segundo o Livro Bege, os setores que relataram crescimento acima da média incluem transporte, viagens e turismo, manufatura e serviços não financeiros, enquanto, os mercados de energia melhoraram ligeiramente e a agricultura teve resultados mistos.

“As interrupções do lado da oferta tornaram-se mais generalizadas, incluindo escassez de materiais e mão de obra, atrasos nas entregas e baixos estoques de muitos bens de consumo. Os estoques de carros resultaram em vendas um pouco mais baixas, apesar da demanda estável, e as vendas de casas aumentaram ligeiramente, apesar da oferta limitada. As vendas de varejo excluindo veículos cresceram em um ritmo moderado, e o turismo foi impulsionado pela redução adicional das preocupações relacionadas à pandemia”, diz o relatório.

O documento mostra ainda que a construção residencial abrandou em várias regiões em resposta ao aumento dos custos, enquanto a construção comercial foi mista, mas, no geral, subiu ligeiramente. Já a atividade de empréstimos bancários avançou entre ligeiramente e modestamente na maioria das regiões.

(Com informações da CNBC e CMA)

Deixe um comentário