Dólar fecha acompanhando as notícias sobre a desaceleração da inflação norte-americana

LinkedIn

O dólar comercial encerrou o dia em alta de 0,47 % sendo cotado a R$5,221 para venda e a R$ 5,221 para compra, assim como ocorreu durante a manhã, com viés de alta desde o início da manhã, após o anúncio dos resultados positivos na inflação norte-americana medida em julho – além das já recorrentes incertezas fiscais e políticas que assolam o cenário doméstico -, o dólar seguiu um estável ritmo de crescimento durante a quarta-feira.

Segundo o gerente de câmbio da Treviso, Reginaldo Galhardo, “o ruído político nos atrapalha, com o mercado se protegendo. Estávamos com o dólar abaixo dos R$ 4,90, mas na situação atual isso é inimaginável”.

Além disso, o mercado também fica apreensivo com as próximas movimentações dos Estados Unidos: “O mundo espera os dados americanos para dar andamento no dia a dia, com menor ajuda do governo e reaquecimento da economia”, pontua Galhardo.

“Havia uma maior expectativa entre Estados Unidos e China, com a eleição de Joe Biden. Mas continuou a mesma coisa, com a falta de entendimento entre os países”, destaca Galhardo, referindo-se à relação entre os dois países.

Para o economista-chefe do Banco Alfa, Luis Otavio Leal, “o comportamento volátil do dólar é causado por uma combinação de fatores, como a política de juros mais agressiva do Banco Central e a tensão interna, além dos resultados nos Estados Unidos”.

“Isso acaba sendo uma montanha russa e, a não ser que ocorra uma melhora no cenário interno ou piore a conjuntura externa – principalmente nos EUA -, isso não irá mudar tão cedo”, alerta Leal.

Os preços ao consumidor dos Estados Unidos subiram 0,5% em julho na comparação com o mês anterior, quando tinham avançado 0,9%. No acumulado em 12 meses, a inflação norte-americana atingiu 5,4%. Os investidores também reagem à aprovação de um pacote de infraestrutura de US$ 1 trilhão pelo Senado dos Estados Unidos, bem como à aprovação das linhas gerais do orçamento de US$ 3,5 trilhões pelos senadores do país.

Na mínima do dia chegou a R$ 5,164 e na máxima a R$5,235. No mercado futuro, o contrato da moeda norte-americana com vencimento em setembro de 2021 avançava 0,7%, cotado a R$ 5.2228.

💵💵BC: PTax fecha em queda de 0,4% a R$ 5,2007💵💵

Acompanhe as altas e baixas do dólar nos últimos dias:

Data Compra Venda Variação Variação
02/08/2021 5,1648 5,1653 -0,856% -0,0446
03/08/2021 5,1917 5,1927 0,531% 0,0274
04/08/5021 5,1853 5,1858 -0,133% -0,0069
05/08/2021 5,2146 5,2156 0,575% 0,0298
06/08/2021 5,2358 5,2363 0,397% 0,0207
09/08/2021 5,2468 5,2473 0,21% 0,011
10/08/2021 5,1962 5,1967 -0,964% -0,0506
11/08/2021 5,2207 5,2212 0,472% 0,0245

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,22
🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,85
🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,72

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC,  UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário