Dólar fecha em queda com cenário de incertezas fiscais domésticas

LinkedIn

O dólar comercial fechou em R$ 5,1720, caindo 0,32%. No cenário global, a moeda norte-americana sofreu um movimento de desvalorização, tanto frente aos seus pares quanto às moedas emergentes. Já no âmbito doméstico, as atenções estão voltadas para o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), que irá sinalizar se o governo irá cumprir o teto de gastos.

Para o head de renda variável da Valor Investimentos, Pedro Lang, “o dólar, hoje, está indo na contramão das bolsas. Estamos, porém, vivendo um momento ruim, com todas estas preocupações com que irá acontecer no dia 7 de setembro e, principalmente, com a definição do orçamento”.

Lang vai além: “As perspectivas em curtíssimo não são positivas. No Brasil tudo se resolve em cima da hora, e o mercado está receoso com isso”, avalia. Lang ainda avalia que o dólar em queda é muito mais uma conjuntura global de enfraquecimento da moeda norte-americana do que propriamente um fortalecimento do real.

Para a economista-chefe da Reag Investimentos, Simone Pasianotto, “o dólar sofre um forte enfraquecimento frente aos pares e moedas emergentes. A perspectiva do tapering (remoção de estímulos), nos Estados Unidos, apenas para dezembro, também contribui para isso”.

O cenário de menos turbulência interna, somado aos números positivos divulgados nesta manhã, reforçam o câmbio favorável: “o déficit (nominal e primário) também foi abaixo do esperado”, pontua Pasianotto.

Para o head de análise macroeconômica da GreenBay Investimentos, Flávio Serrano, “o orçamento de 2022 é o ponto mais importante do dia”. “A solução é que o governo talvez estenda o auxílio emergencial por mais alguns meses”, diz Serrano referindo-se ao teto do orçamento.

Serrano aborda os impactos negativos da incerteza quanto ao cumprimento das metas fiscais: “Temos tido notícias positivas na área fiscal, que porém são anuladas pelos ruídos. No final, as forças se anulam”, pontua. O head também ressalta que hoje é um dia positivo para as moedas emergentes, no âmbito global.

Acompanhe as altas e baixas do dólar nos últimos dias:

Data Compra Venda Variação Variação
02/08/2021 5,1648 5,1653 -0,856% -0,0446
03/08/2021 5,1917 5,1927 0,531% 0,0274
04/08/5021 5,1853 5,1858 -0,133% -0,0069
05/08/2021 5,2146 5,2156 0,575% 0,0298
06/08/2021 5,2358 5,2363 0,397% 0,0207
09/08/2021 5,2468 5,2473 0,21% 0,011
10/08/2021 5,1962 5,1967 -0,964% -0,0506
11/08/2021 5,2207 5,2212 0,472% 0,0245
12/08/2021 5,2559 5,2564 0,674% 0,0352
13/08/2021 5,2441 5,2451 -0,215% -0,0113
16/08/2021 5,2802 5,2807 0,679% 0,0356
17/08/2021 5,2696 5,2696 -0,201% -0,0106
18/08/2021 5,3744 5,3749 1,989% 0,1048
19/08/2021 5,4218 5,4228 0,891% 0,0479
20/08/2021 5,3843 5,3848 -0,701% -0,038
23/08/2021 5,381 5,382 -0,052% -0,0028
24/08/2021 5,2612 5,2622 -2,226% -0,1198
25/08/2021 5,2108 5,2113 -0,967% -0,0509
26/08/2021 5,2563 5,2568 0,873% 0,0455
27/08/2021 5,195 5,1955 -1,166% -0,0613
31/08/2021 5,1709 5,1719 -0,335% -0,0174

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,16
🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,84
🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,72

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário