Equatorial: Victor Adler passa a deter aproximadamente 8% do total de ações preferenciais da classe C da companhia

LinkedIn

A Equatorial Pará recebeu do investidor Victor Adler, informação que foram adquiridas 97.500 ações preferenciais da classe C de emissão da companhia.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:EQTL3) nesta terça-feira (31). Confira o comunicado na íntegra.

Com a aquisição das ações da Companhia Investida, o investidor Victor Adler detêm aproximadamente 8% do total de ações preferenciais da classe C.

O subscritor não faz parte de qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da companhia.

Por fim, declaramos que as referidas participações têm como objetivo deter as ações em carteiras administradas pelo investidor Victor Adler em uma base discricionária para fins de investimento de clientes, não havendo, portanto, o objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia Investida. Não existe uma quantidade específica de ações visada.

Equatorial (EQTL3): lucro líquido ajustado de R$ 447 milhões no 2T21, alta de 15,4%

Equatorial Energia registrou lucro líquido ajustado de R$ 447 milhões no segundo trimestre do ano, uma alta de 15,4% na comparação com o mesmo período do ano passado, impactado por efeitos não recorrentes no trimestre.

receita operacional líquida da Equatorial Energia totalizou R$ 4,272 bilhões no segundo trimestre do ano, alta de 22,7% em comparação ao mesmo período do ano anterior. No trimestre, os investimentos da companhia caíram 21,3% ante o mesmo intervalo de 2020, para R$ 473 milhões.

No período, o ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 1,29 bilhão entre abril e junho, cifra 47,8% superior à registrada um ano antes. O Ebitda ajustado, por sua vez, atingiu R$ 1,22 bilhão, crescimento de 42,7% na mesma base de comparação. Segundo a companhia, a evolução do indicador reflete o expressivo avanço do mercado nas distribuidoras, um aumento da tarifa fio B e a redução das perdas esperadas para créditos de liquidação duvidosa (PECLD).

Deixe um comentário