Futuros iPhones poderão ajudar a detectar depressão e declínio cognitivo, segundo WSJ

LinkedIn

De acordo com o The Wall Street Journal, um novo relatório da Apple (NASDAQ:AAPL) diz que a empresa está trabalhando em maneiras de detectar depressão, declínio cognitivo e até autismo infantil usando futuros iPhones.

Segundo a matéria, a empresa está trabalhando com a UCLA e Biogen (NASDAQ:BIIB) para ver se dados confidenciais, como expressões faciais e métricas de digitação, podem sinalizar problemas de saúde mental.

 “A Apple Inc. está trabalhando em tecnologia para ajudar a diagnosticar depressão e declínio cognitivo, buscando ferramentas que possam expandir o escopo de seu crescente portfólio de saúde, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto e documentos revisados ​​pelo The Wall Street Journal”.

A Biogen também é negociada na B3 através da BDR (BOV:BIIB34).

A tecnologia usaria dados do sensor que incluem mobilidade, atividade, padrões de sono e digitação e muito mais, usando algoritmos para detectar mudanças que podem indicar condições como depressão. Embora o relatório indique que a pesquisa está em estágios iniciais e nunca poderia chegar ao mercado, ele afirma que a Apple “espera que isso se torne a base para recursos exclusivos para seus dispositivos”.

Além de medir a depressão e o declínio cognitivo, a Apple também está aparentemente trabalhando na construção de um algoritmo que pode detectar o autismo infantil:

“A Apple tem uma terceira parceria de pesquisa relacionada ao cérebro com a Duke University que não divulgou. Tem como objetivo criar um algoritmo para ajudar a detectar o autismo infantil, de acordo com os documentos e pessoas familiarizadas com o trabalho. A pesquisa analisa o uso da câmera do iPhone para observar como as crianças focam, a frequência com que oscilam para frente e para trás e outras medidas, de acordo com os documentos”.

A Apple (BOV:AAPL34) lançou o iOS 15 esta semana para todos os seus melhores iPhones, incluindo o iPhone 13. Inclui novas atualizações de saúde anunciadas na WWDC, incluindo uma nova métrica Walking Steadiness para ajudar a gerenciar o risco de queda, bem como um novo recurso para armazenar registros de vacinação de Covid-19 ou resultados de testes diretamente no aplicativo de saúde.

Deixe um comentário