Vale informa regularização de circulação de trens no Complexo de Mariana

LinkedIn

A Vale informou a regularização da circulação de trens no Complexo de Mariana, após a Secretaria Regional do Trabalho (SRT) ter expedido Termo de Suspensão parcial da interdição do local, próximo à barragem Xingu, permitindo a operação regular da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), no ramal Fábrica Nova.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:VALE3) nesta quinta-feira (30).

Durante o período de interdição, anunciada em junho, a produção da usina de Timbopeba foi escoada através de trem não tripulado. Além disso, disse a Vale, a desinterdição parcial permite o acesso à ponte rodoviária sobre o Rio Piracicaba.

“Ficam também liberados os acessos internos entre o site de Timbopeba e o site de Alegria”, afirmou.

A Vale informa ainda que continuam suspensos o acesso de trabalhadores e a circulação de veículos na zona da inundação da barragem Xingu, “sendo permitido apenas, mediante rigoroso protocolo de segurança, o ingresso de pessoas que trabalham nas atividades de estabilização da estrutura”.

A empresa destacou que a barragem Xingu permanece em nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM), em que não há risco iminente de ruptura, seguindo inalteradas as condições de segurança da estrutura.

A Zona de Autossalvamento (ZAS) da barragem permanece evacuada, não havendo a presença permanente de pessoas na área.

Informações Reuters

Deixe um comentário