ETF ‘revolução do Bitcoin’ da Volt Equity estreia na Bolsa de Nova York na quinta-feira

LinkedIn

A Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) segue listando novos fundos negociados em exchange (ETF) vinculados ao Bitcoin (BTC), com a Volt Equity se tornando a última empresa a lançar tal produto na bolsa.

O Crypto Industry Revolution and Tech ETF da Volt Equity vai estrear as negociações na bolsa de valores eletrônicos NYSE Arca na quinta-feira, disse o CEO da empresa, Tad Park, ao Cointelegraph. O ETF estará disponível para negociação na abertura do mercado sob o símbolo BTCR.

O BTCR abrirá a US$ 21, dando um aceno para o fornecimento limitado do Bitcoin de 21 milhões de BTC. De acordo com a empresa, o ETF está implementando uma abordagem de gestão informada pelo modelo stock-to-flow (S2F) de Bitcoin da PlanB, um importante modelo quantitativo que pretende prever o preço do BTC.

“Consultamos o famoso modelo Stock-to-Flow como uma referência para entender como o choque de oferta de mineração do Bitcoin devido às suas reduções programadas pode afetar o preço do Bitcoin e quando. Com base no que estamos vendo, poderíamos por conseqüência ajustar nossa exposição relacionada à mineração”, disse Volt Equity.

Aprovado pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) no início de outubro, o produto da Volt Equity não é um ETF de Bitcoin puro, pois é baseado em empresas com exposição significativa ao Bitcoin.

O ETF rastreia as chamadas “Bitcoin Industry Revolution Companies”, incluindo a MicroStrategy de Michael Saylor, a Tesla, o Twitter, a Square, a exchange de criptomoedas Coinbase, bem como empresas de mineração de Bitcoin, como Canaan, Bitfarms e Riot Blockchain. A Volt Equity revisará regularmente as participações e alocações do fundo “quando apropriado” com base em pesquisas, dados e modelos como o S2F.

“O Bitcoin não é apenas uma moeda, é uma revolução que abrange mineradores, empresas que o usam em seus balanços e hodlers habituais que desejam possuir a primeira reserva digital de valor que não pode ser inflada por um governo”, disse Park .

O mais recente lançamento do ETF ocorre logo após a NYSE Arca listar um ETF vinculado a futuros de Bitcoin pela empresa de investimento ProShares em 19 de outubro. Conforme relatado anteriormente, o ProShares Bitcoin Strategy ETF se tornou o primeiro ETF vinculado a futuros de Bitcoin a ser lançado nos Estados Unidos.

Em meados de outubro, o principal fundo de criptomoeda Bitwise Asset Management também pediu à SEC para listar um ETF Bitcoin puro na NYSE Arca. A SEC ainda não aprovou um ETF que rastrearia o preço do Bitcoin diretamente.

A grande empresa de gestão de ativos AXS Investments entrou com um pedido de dois ETFs de futuros de Bitcoin na quarta-feira. De acordo com Eric Balchunas, analista sênior da Bloomberg ETF, a Grayscale Investments, importante firma de investimento em criptomoedas, espera que a SEC aprove seu Bitcoin ETF à vista até julho de 2022.

Por Helen Partz

Deixe um comentário