Petróleo fecha em alta com perspectiva de uma demanda global sólida

LinkedIn

Os preços dos contratos futuros de petróleo terminaram o dia em alta, embora tenham reduzido parte dos ganhos após dados que mostraram um aumento muito maior do que o esperado dos estoques da commodity nos Estados Unidos. A perspectiva de uma demanda global sólida apoio as cotações.

Segundo o Departamento de Energia norte-americano, as reservas de petróleo do país subiram em 6,1 milhões de barris na semana encerrada em 8 de outubro. Analistas ouvidos pela Dow Jones esperavam alta menor, de 900 mil barris.

Na contramão, os estoques de gasolina baixaram bem mais do que o projetado, em 2,0 milhões de barris. A expectativa de que essas reservas iam cair mais do que o esperado já vinha alimentando a alta dos futuros de petróleo no início do dia, fazendo os preços chegarem a subir mais de 1% nesta manhã.

Enquanto isso, a demanda por petróleo cresce enquanto países dependentes do gás natural buscam substituí-lo pela commodity já que os preços do gás sobem para níveis recordes. Segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), a demanda de petróleo deve saltar meio milhão de barris por dia (bpd) com o setor de energia e as indústrias pesadas mudando de fontes de energia mais caras. A AIE alertou que a crise energética pode provocar inflação e desacelerar a recuperação econômica mundial.

Em seu relatório mensal, a AIE aumentou sua previsão de crescimento da demanda global de petróleo em 2022 em 210.000 bpd, e agora espera que a demanda total de petróleo em 2022 alcance 99,6 milhões de bpd, ligeiramente acima dos níveis pré-pandêmicos.

“A demanda mais forte nos próximos meses chega em um momento em que o mercado deve continuar redesenhando estoques no restante do ano. As perspectivas de demanda mais construtivas, juntamente com a abordagem cautelosa adotada pela Opep e de seus aliados no aumento da produção, sugerem que o mercado permanecerá bem apoiado para o resto deste ano”, disse o estrategista em commodities da ING, Warren Patterson.

Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para novembro subiu 1,08%, cotado a US$ 81,31 o barril. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para dezembro avançou 0,99%, cotado a US$ 84,00 o barril.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário