Todo o SHIB que Vitalik Buterin queimou em maio agora vale US$ 32,5 bilhões

LinkedIn

De acordo com o Decrypt, em maio deste ano, o criador da rede Ethereum (COIN:ETHUSD), Vitalik Buterin, queimou mais de US$ 6,7 bilhões em tokens da Shiba Inu Coin (COIN:SHIBBRL). O tempo passou, e essa quantia já não vale mais “somente” isso.

Com a cotação atual do token SHIB – que explodiu 98 milhões por cento desde 1º de janeiro de 2021 – o valor quase quintuplicou.

Veja abaixo como isso aconteceu.

Shiba Inu Coin é lançada

Segundo o Decrypt, os desenvolvedores anônimos da Shiba Inu Coin indicaram no documento do projeto que enviariam 50% do fornecimento total da moeda para o endereço do criador da Ethereum, a fim de remover essa quantia da circulação.

Com isso, os criadores esperavam que a moeda fosse valorizada, desde que a demanda por ela aumentasse e o fornecimento permanecesse limitado.

Na época que a transferência foi feita, o desenvolvedor da Ethereum tinha 505 trilhões de tokens SHIB (COIN:SHIBUSD), que valiam, em maio (quando a notícia foi anunciada), US$ 8 bilhões.

No entanto, a quantia recebida pelo criador da Ethereum foi mantida com ele por certo tempo, ao invés de distribuída imediatamente.

O que aconteceu depois disso?

No final daquele mesmo mês, Vitalik Buterin fez doações com a quantidade de SHIB que havia recebido para diversas causas sociais, incluindo 50 trilhões de SHIB, avaliados em US$ 1,2 trilhão na época, para o fundo de alívio à pandemia de coronavírus da Índia.

Porém, segundo o Decrypt, Buterin não parou por aí. Poucos dias após ter feito as doações, ele destinou cerca de 90% do restante da reserva em SHIB para um endereço de queima de tokens, removendo-o da circulação.

Na época, o criador da Ethereum anexou ainda uma mensagem ao registro da transação, em que afirmou sua preferência de os próprios desenvolvedores das criptomoedas realizarem as doações à caridade, pois não “queria ser um lócus de poder desse tipo.”

Com a atual cotação do token, a quantidade queimada por Buterin seria equivalente a US$ 32,5 bilhões.

A realidade pode ser desvantajosa para o desenvolvedor da Ethereum, mas o cenário atual poderia ser muito diferente, caso ele tivesse tomado outra decisão.

Se Buterin optasse por manter os tokens SHIB, a criptomoeda provavelmente nunca teria tido tamanha valorização. Por outro lado, se ele tivesse vendido a quantidade transferida a ele, o preço da Shiba Inu Coin poderia ter despencado.

De acordo com o Decrypt, Buterin ainda tem 3.457.471 SHIB, que valem somente US$ 268, segundo o rastreador de blockchain Etherscan.

Deixe um comentário