Blau Farmaceutica (BLAU3): lucro líquido de R$ 94 milhões, alta de 25%

LinkedIn

A Blau Farmacêutica registrou lucro líquido de R$ 94 milhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 25% em relação ao lucro líquido de R$ 75 milhões no mesmo período do ano anterior.

A receita líquida do período foi de R$ 320 milhões, crescimento de 6% em comparação aos R$ 303 milhões no terceiro trimestre do ano passado. Atrelado ao resultado positivo, a companhia destaca o acréscimo de 20% de capacidade produtiva no acumulado de 2021 frente aos nove primeiros meses de 2020.

O resultado está impactado pelo faseamento da licitação de alfaepoetina e da menor disponibilidade de imunoglobulina. A receita dos últimos doze meses totalizou R$ 1,35 bilhão, com crescimento de 27% em comparação com LTM 3T20. Seguimos com o nosso ritmo de crescimento e focados em melhorar performance, aumentar capacidade produtiva e abastecer o mercado.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – nos três meses findos em setembro foi de R$ 108 milhões, queda de 4% em relação aos R$ 112 milhões do mesmo período de 2020.

O resultado financeiro do 3T21 foi um ganho de R$ 19,9 milhões diante uma perda de R$ 1,4 milhão do 3T20, principalmente devido ao resultado não realizado com derivativos no 3T21, que é reflexo da marcação a mercado do hedge contratado (NDFs) em dezembro de 2020 e junho de 2021, a uma taxa média de câmbio de R$ 5,1741, com vencimentos entre o final de 2021 e novembro de 2022.

Os resultados da Blau Farmacêutica (BOV:BLAU3) referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 08/11/2021. Confira o Press Release completo!

VISÃO DO MERCADO

Itaú BBA

Para o Itaú BBA, a Blau reportou crescimento nada inspirador no terceiro trimestre de 2021 (3T21), em linha com as expectativas.

Segundo o banco, os resultados foram afetados pelo cenário nos hospitais após o pico da segunda onda da pandemia durante o 2T21, com a normalização em curso de procedimentos eletivos (principalmente mais complexos).

Itaú BBA mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 68,00.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário