Bitcoin como herança: aprenda a guardar para as futuras gerações

LinkedIn

O Bitcoin (COIN:BTCBRL) revolucionou diversos aspectos relacionados ao dinheiro, à moeda e às reservas de valor. Um dos conceitos que mais marcam a criptomoeda e que a diferencia de demais ativos com o objetivo de preservar riqueza com o tempo, como ouro, jóias, obras de arte e bens alodiais, é a sua forma de armazenamento.

Um ditado surgiu dentro do ecossistema do BTC há alguns anos.

“Não são suas chaves, não são suas moedas”.

As chaves privadas de Bitcoin *COIN:BTCUSD) dão aos usuários o direito de movimentar os fundos depositados em um determinado endereço através da blockchain (ou timechain, como diria Satoshi Nakamoto), que mantém inalterada os registros de transação. Dessa maneira, a posse das chaves de um endereço representa a posse da criptomoeda em si.

Perder as chaves significa perder os bitcoins. Por conta disso, muitas pessoas ao longo dos anos simplesmente perderam verdadeiras fortunas por não cuidarem corretamente das suas chaves privadas. Ao mesmo tempo, caso o dono dos bitcoins venha a óbito e não haja maneira dos herdeiros de recuperar as chaves, estes bitcoins estarão para sempre perdidos no ciberespaço virtual.

Contudo, existem maneiras seguras e soberanas de se armazenar os seus cripto-ativos com segurança, de modo que até os seus herdeiros possam ter acesso ao seu tesouro digital. Isso pode ser feito através de endereços de Múltiplas Assinaturas (Multisig).

O que é uma Multisig?

A forma mais comum de se armazenar bitcoins hoje certamente é através de um endereço com 1 chave privada. Contudo, é possível armazenar saldos da criptomoeda em endereços com duas ou mais chaves privadas. A isto chamamos de carteiras multi signature, ou carteiras com múltiplas assinaturas. Diversos softwares para criação de endereços possuem suporte para criação de multisigs, como Electrum (desktop) e Green Wallet (mobile).

As multisigs são denominadas como MxN, onde N é o número total de chaves privadas daquele endereço, e M é o número de chaves necessárias para se movimentar os fundos. Por exemplo, em uma carteira 2×3 existem 3 chaves, onde 2 são necessárias para movimentar os fundos.

Este esquema de endereços pode ser adaptado para uma infinidade de situações para o armazenamento de bitcoins. Algumas delas são:

  • 1 de 2 : Conta conjunta de dinheiro de marido e mulher – a assinatura de um dos cônjuges é suficiente para gastar os fundos.
  • 2 de 2 : Conta poupança de marido e mulher – ambas as assinaturas são necessárias para gastar os fundos, evitando que um dos cônjuges gaste o dinheiro sem a aprovação do outro.
  • 2 de 3 : Conta poupança dos pais para a criança – a criança pode gastar o dinheiro com a aprovação de qualquer um dos pais, e o dinheiro não pode ser tirado da criança a menos que ambos os pais concordem.
  • 2 de 2 : carteira de autenticação de dois fatores – uma chave privada está em seu computador principal e a outra em seu smartphone – os fundos não podem ser gastos sem uma assinatura de ambos os dispositivos. Assim, um invasor deve obter acesso a ambos os dispositivos para roubar seus fundos.

Dessa maneira, é possível organizar a custódia de bitcoins através de diferentes pessoas ou localidades, dificultando fraudes, roubos e inconvenientes inerentes à posse da criptomoeda.

Bitcoin como herança

Uma vez compreendido como se monta um endereço multsig de Bitcoin, é possível configurar algum esquema para que os seus cripto-ativos sejam entregues aos seus herdeiros em caso de alguma tragédia.

Contudo, é muito importante ressaltar que o seu esquema de segurança deve estar intimamente ligado à sua situação familiar, e não existe fórmula exata para se realizar este tipo de operação. Segue abaixo alguns exemplos de como isso pode ser feito.

  • Multisig 2×3: Um endereço fica com você, um com algum familiar de confiança, e a terceira chave com algum um custodiante (banco ou seguradora).

Caso você venha a óbito (levando consigo a sua chave), ainda será possível recuperar os fundos por meio do banco ou seguradora. Contudo, você corre o risco do seu familiar te assassinar para obter os seus bitcoins.

  • Multisig 2×3: Um endereço fica com você, o segundo com a sua mãe e outro com a sua esposa (ou familiares de mesmo grau de confiança).

A única chance de você perder suas moedas é sua mãe e esposa te traírem conjuntamente. Neste caso você estará no fundo do poço, além de falido.

Por João Victor

Deixe um comentário