Ex-CEO do Google é contratado como conselheiro estratégico da Chainlink

LinkedIn

A Chainlink é um projeto que vem ganhando bastante atenção recentemente, principalmente por causa das expectativas com o metaverso e a Web3.0. O projeto agora ganhou um grande reforço na sua equipe estratégica, contratando Eric Schmidt, ex-CEO do Google, como conselheiro da Chainlink Labs.

Como é de se imaginar, essa é uma ajuda muito importante para a Chainlink Labs, com  Schmidt oferecendo um conhecimento extremamente importante para a companhia e que com certeza pode ajudar o ecossistema do projeto a crescer ainda mais no futuro (o que pode ajudar bastante no preço do ativo).

De acordo com um release de impressa é justamente a experiência e a expertise de Eric que vão ajudar a alavancar os esforços da Chainlink Labs no desenvolvimento de suas soluções de tecnologia em blockchain.

“Redes de Blockchain e oracles da Chainlink são um ponto de inflexão em termos de crescimento e adoção. A experiência e os conselhos de Eric na criação plataformas globais de software para inovações de próxima geração serão inestimáveis para ajudar desenvolvedores e instituições a avançar para uma nova era de transparência e justiça econômica.”, disse Sergey Nazarov, co-fundador da Chainlink em comunicado de imprensa.

Eric Schmidt

Eric Schmidt foi um nome muito importante para o Google, ele foi CEO da companhia entre 2001 a 2011, quando o Google saiu de uma pequena empresa no Vale do Silício para uma das mais poderosas entidades do mercado financeiro e do mundo como um todo e uma das mais importantes empresas de tecnologia da história do setor.

Sob seu comando o Google desenvolveu a sua estrutura de forma dramática, realizou uma IPO de US$ 23 bilhões, desenvolveu produtos ainda famosos como o Gmail, Google Maps, Chrome, o Adsense e o serviço de internet de fibra ótica Fiber, além da compra do YouTube e do Android.

Nesse contexto, Schmidt pode ter uma ótima visão do caminho para qual o Chainlink Labs pode levar sua tecnologia e consequentemente valorizar consideravelmente a companhia dentro dos desenvolvimentos Web 3.0 e também do criptomercado.

Por Matheus Henrique

Deixe um comentário