Fundador da Cardano quer consertar o DeFi

LinkedIn

O DeFi continuou em alta em 2021. Mas Charles Hoskinson, fundador da Cardano, acredita que ainda há muito espaço para o setor melhorar.

De acordo com Hoskinson, há muitas armadilhas nas finanças descentralizadas. Só para exemplificar, mais de US$10,5 bilhões ficaram comprometidos com golpes e hacks nessa arena somente este ano.

Além disso, os usuários do DeFi estão cansados ​​da baixa qualidade de produção dos aplicativos no ecossistema, segundo o desenvolvedor.

Para Hoskinson, o grande problema está no fato de muitos projetos terem apenas uma filosofia e não uma engenharia rigorosa. Por essa razão, estão sendo constantemente atacados.

Segundo o desenvolvedor, muitos projetos não irão resistir ao teste do tempo.

Cardano pode resolver essas deficiências?

Para Hoskinson, a resposta é sim. A concorrente do Ethereum terá um conjunto específico de padrões para as finanças descentralizadas. Como resultado, irá conseguir eliminar projetos de baixa qualidade.

O grande destaque desses padrões será o Ouroboros.

Em suma, o protocolo Ouroboros, sistema proof of stake, combina tecnologia única e mecanismos matematicamente verificados. Com isso garante a segurança e a sustentabilidade dos blockchains que dependem dele.

O Ouroboros se destaca na área da segurança, pois é matematicamente verificável contra invasores.

DeFi com escalabilidade

Cardano conta com uma rede extremamente rápida, principalmente quando comparamos com o Ethereum. Todavia, a equipe da altcoin pretende trazer mais escalabilidade para o blockchain com a Hydra.

Na visão de Hoskinson, essa solução de escalonamento trará milhões de usuários para o ecossistema DeFi nas próximas décadas.

Como a Cardano tem se saído nesse setor descentralizado?

Embora o criador da altcoin tenha apontado que há um número recorde de desenvolvedores em seu ecossistema DeFi, não há muitos projetos nessa arena prontos para uso.

Logo após a testnet da atualização Alonzo, por exemplo, a Cardano passou por críticas de simultaneidade. De forma simples, esse problema impede que vários usuários interajam com um programa ou protocolo ao mesmo tempo.

A crise de simultaneidade ocorreu na Minswap, exchange descentralizada baseada na Cardano. A DEX foi o primeiro Dapp lançado na testnet da altcoin em 4 de setembro de 2021.

Um usuário da Minswap encontrou um erro de transação ao tentar trocar tokens. Apesar de a Cardano ser uma altcoin de forte desempenho em transferências, sua exchange descentralizada estaria lidando com apenas uma transação por bloco. Ou seja, uma DEX totalmente ineficiente.

Hoskinson, na época, apontou que construir uma exchange descentralizada 100% funcional não é uma tarefa fácil. Mas que o problema de simultaneidade foi algo totalmente inventado.

Por Sabrina Coin

Deixe um comentário