XP vai incorporar 100% do Banco Modal

LinkedIn

A XP assinou um acordo para a compra de 100% do Banco Modal (BOV:MODL11), numa operação de troca de ações que avalia o banco em cerca de R$ 3 bilhões, o que, segundo o Brazil Journal representa um prêmio de 50% sobre o fechamento da ação de ontem e de 33% sobre a cotação média de dezembro.

Se a transação for aprovada, os acionistas do Modal (que fez seu IPO em abril de 2021) irão receber 19,5 milhões de novas ações Classe A da XP Inc e ficarão com 3,5% da empresa (3,37% após a diluição).

De acordo com a publicação, a operação começou a ser negociada no início de dezembro.

 Credit Suisse, que tem 16% do Modal, apoia compra do banco pela XP

O Credit Suisse, que possui 16% do Modal (#MODL11), apoia a compra do banco pela XP.

Em comunicado ao mercado divulgado nesta manhã pelo banco, Ivan Monteiro e Marcello Chilov, Co-CEOs do Credit Suisse no Brasil, afirmam que “o Modal tornou-se um forte parceiro estratégico para o Credit Suisse.

Em sua plataforma de investimento Modal Premium, o banco oferece uma gama de produtos exclusivos do Credit Suisse, e prevemos que essa combinação entre ambas as empresas nos proporcionará novas oportunidades para servirmos mais clientes com as ferramentas de que eles necessitam para atingir os seus objetivos financeiros”.

O comunicado ao mercado afirma também que o Banco Modal permanecerá independente e segregado, apesar de fazer parte do Grupo XP e acessar sua infraestrutura, know-how e tecnologia, aproveitando sinergias de receitas e melhorias na experiência do  cliente, que devem  ser  ainda mais relevantes.

VISÃO DO MERCADO

Citi

A venda do Modal para a XP é positiva para as duas empresas na avaliação do Citi, mas o banco é o principal beneficiado.

Os acionistas do banco obtêm um “upside decente”, apesar de o valor implícito ser inferior ao do IPO.

Já a XP continua a expandir sua pegada e deve ter sinergias interessantes com o Modal, dentre elas a alavancagem da XP nas operações mais avançadas de banco de varejo e B2C do Modal, disse o Citi.

Informações BDM

Deixe um comentário