Christine Lagarde do BCE apoia a aceleração do trabalho em torno do euro digital

LinkedIn

A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, diz que apoia a aceleração do trabalho em um euro digital.

Lagarde disse que a força-tarefa do euro digital do banco está trabalhando duro para levar o projeto adiante e apoia a aceleração desse processo. Ela falou durante uma conferência de imprensa do BCE na quinta-feira (10), referindo-se a investigação de dois anos em um euro digital que começou em outubro de 2021.

“Acho que temos que estar um pouco à frente da curva se pudermos nessa frente. Então espero que possamos acelerar o trabalho. Certamente apoiarei isso”, disse Lagarde, em resposta a uma pergunta sobre o papel das moedas digitais do banco central nas sanções contra instituições financeiras russas.
A UE e os EUA implementaram sanções pesadas sobre a Rússia após a invasão da Ucrânia, e as preocupações com o papel da criptomoeda na evasão das sanções levaram os reguladores de todo o mundo a acelerar os esforços para regular o setor.
Na quarta-feira, o presidente dos EUA, Joe Biden, deu uma ordem executiva sobre criptomoedas, incentivando as agências federais a adotar uma política unificada para a regulamentação do setor. Ele também exigiu que o governo avaliasse os riscos e benefícios da criação de um dólar digital.
Em setembro, o conselheiro do BCE, Jürgen Schaaf, disse que os experimentos e pesquisas do banco sobre um euro digital não são garantia que esse será lançado.
Lagarde disse na quinta-feira que está confiante de que um euro digital se tornará realidade, mas a decisão depende do conselho geral do banco. Lagarde contou a Bloomberg no ano passado que o euro digital poderia ser lançado até 2025.
Com informações de Coindesk

Deixe um comentário