Dólar fecha com queda, impulsionado pelo risco inflacionário

LinkedIn

O dólar comercial fechou em R$ 4,8330, com queda de 0,20%. A moeda chegou a operar abaixo dos R$ 4,80, mas no período da tarde ganhou força, em um movimento de correção, impulsionado pelo risco inflacionário.

Segundo o sócio da Top Gain, Leonardo Santana, “a grande questão é até quando esta entrada de capital motivada pelos juros irá durar. Acho que o suporte é de R$ 4,80, não vejo o dólar em R$ 4,50”.

Além das eleições que começam a ganhar forma, Santana acha que o aumento dos juros nas economias desenvolvidas devem começar a mudar este panorama: “Além da próxima reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), em maio, o dólar deve ganhar força quando a zona do euro iniciar a elevação dos juros”, projeta.

Para o sócio-fundador da Pronto! Invest, Vanei Nagem, “o que favorece o fluxo são juros e bolsa. As commodities, no momento, estão ajudando mais a equilibrar o aumento de custos como os insumos agrícolas do que fortalecendo o real”.

Nagem acredita que o avanço do real tende a não perder força: “Ainda hoje deve fechar abaixo dos R$ 4,80, e até a próxima semana chegar em R$ 4,60.

Já está no nível pré-Covid. Ainda somos um porto seguro em termos de juros”, observa.

Este avanço, contudo, acaba mascarando problemas estruturais como a parte fiscal, diz Nagem, que relembra que o “governo não fez a lição de casa e isso não significa que o país esteja bem”.

De acordo com a equipe da Ouro Preto Investimentos, “o movimento agora é ligado ao petróleo, com o capital estrangeiro buscando países fortemente ligados a esta commodity, como é o caso do Brasil, que ainda em um diferencial de juros altíssimos, que devem estacionar na casa dos 13%, enquanto os Estados Unidos ainda estão no começo deste ciclo”.

O efeito de outras commodities importantes para a economia brasileira, no momento, é outro: “O impacto disso será observado mais na balança comercial”, analisa a Ouro Preto.

Data Compra Venda Variação Variação
2/03/2022  5,1068 5,1073 -0,939% -0,0484
3/03/2022  5,0275 5,028 -1,553% -0,0793
4/03/2022 5,0773 5,0783 1% 0,0503
07/03/2022 5,0792 5,0797 0,028% 0,0014
8/03/2022  5,0527 5,0532 -0,522% -0,0256
9/03/2022 5,0101 5,0106 -0,843% -0,0426
10/03/2022 5,0155 5,016 0,108% 0,0054
11/03/2022 5,0536 5,0541 0,76% 0,0381
14/03/2022 5,1195 5,12 1,304% 0,0659
15/03/2022  5,1586 5,1591 0,764% 0,0391
16/03/2022 5,0929 5,0934 -1,274% -0,0657
17/03/2022 5,0338 5,0343 -1,16% -0,0591
18/03/2022 5,0153 5,0158 -0,368% -0,0185
21/03/2022 4,9435 4,9445 -1,422%  -0,0713
22/03/2022 4,9142 4,9152  -0,593% -0,0293
23/03/2022  4,8437 4,8442 -1,445% -0,071
24/03/2022  4,831 4,832 -0,252% -0,0122

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 4,83

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,90

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,75

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário