Dow Jones subiu 300 pontos na quinta-feira; Nasdaq disparou 1,9% com ações de chips liderando recuperação do mercado

LinkedIn

Os índices de ações dos Estados Unidos subiram na quinta-feira (24), recuperando as perdas do pregão anterior, à medida que a queda nas reivindicações de seguro-desemprego aumentou a confiança na recuperação econômica dos EUA.

As ações que têm mais a ganhar com uma economia em recuperação, incluindo ações de chips e materiais, lideraram os ganhos.

O Dow Jones recuperou 349,44 pontos, ou 1,02%, para fechar em 34.707,94. O S&P 500 subiu 1,43% a 4.520,15. O Nasdaq Composite subiu 1,93%, para 14.191,84.

As ações oscilaram esta semana, alternando entre dias de alta e baixa. O S&P 500 e o Nasdaq estão a caminho de fechar a semana em alta.

Uma queda nos pedidos de seguro-desemprego para o menor nível em décadas deu a alguns investidores a confiança de que a economia dos EUA poderia continuar crescendo em meio a ventos contrários, como a guerra Rússia-Ucrânia e taxas de juros mais altas. Os pedidos iniciais de seguro-desemprego na semana passada totalizaram 187.000, o nível mais baixo desde 1969, informou o Departamento do Trabalho na quinta-feira.

O rali de quinta-feira ganhou força à medida que o dia avançava com as ações de tecnologia e materiais liderando o caminho.

As ações de chips também subiram na quinta-feira , com ações como a Nvidia entre as favoritas dos traders para comprar nas altas do mercado. Essas empresas de chips também se beneficiam de uma recuperação econômica global contínua da pandemia. A Nvidia saltou 9,8%, a Intel adicionou 6,9% e a AMD subiu 5,8%.

Materiais foi o segundo setor com melhor desempenho do S&P 500 na quinta-feira. A Nucor agregou 4,3% e a Freeport-McMoRan subiu 3,3%.

O Uber ganhou quase 5% depois que a empresa anunciou um acordo para listar todos os táxis de Nova York em seu aplicativo.

Enquanto isso, o bitcoin subiu cerca de 4% em outro sinal de aumento do apetite ao risco.

Os investidores continuam a monitorar a guerra na Ucrânia e avaliam os aumentos de juros do Federal Reserve em meio à inflação persistente.

Na semana passada, o Fed elevou as taxas de juros pela primeira vez desde 2018. Na segunda-feira, o presidente Jerome Powell  prometeu ser duro com a inflação e abriu a porta para aumentos mais agressivos de meio ponto percentual.

Líderes da Otan se reuniram em Bruxelas na quinta-feira para discutir o aumento da pressão sobre a Rússia, já que a Ucrânia parece estar retomando terreno na guerra.

O S&P 500 caiu no território de correção no final de fevereiro, mas agora está 6,3% abaixo de suas máximas. O Dow Jones fica 6,1% em relação ao seu recorde intradiário, e o Nasdaq Composite está 12,6% abaixo.

Os índices estão saindo de um grande rali na semana passada, seu melhor desempenho semanal desde 2020.

Todas os três principais índices estão a caminho de fechar o mês em alta. O S&P 500 subiu 3,2% em março, o Nasdaq subiu 3,1% e o Dow Jones subiu 2,4%, até o momento.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário